As melhores jogatanas do ano – 2019 (parte 1)

Vou começar por listar os melhores jogos que experimentámos este ano! Alguns foram publicados em 2019. Outros são mais antigos. Na entrada de hoje irei referir os mais jogados, e os melhores jogos infantis e de grupo. Na próxima entrada falarei dos abstractos (há tantos cá em casa que a categoria se justifica) e dos que me proporcionaram os melhores momentos de jogo!

Mais jogados

Ainda que jogos como o Terraforming Mars façam parte da minha lista de favoritos, a verdade é que, no dia a dia, acabamos por optar por jogos de duração mais curta que possam ir à mesa depois de um dia de trabalho.

Azul

Azul é um dos jogos a dois mais apreciados cá em casa, sendo transportado para quase todas as férias e acontecimentos familiares. A simplicidade das regras, a par com as mecânicas simples, tornaram-no numa escolha óbvia ao final do dia de trabalho, ou ao ar livre (para mais informações podem consultar o meu comentário ao jogo). Apesar da aparente simplicidade, permite (principalmente a dois jogadores) definir várias estratégias de jogo.

Ricochet Robots não é um jogo novo, nem um jogo que é apreciado por todos os jogadores. Trata-se de um puzzle interminável em que a diferente combinação de tabuleiros, das posições dos robots e da ordem dos objectivos faz com que cada jogatana seja diferente (para mais informações podem consultar o meu comentário ao jogo).

O terceiro mais jogado cá em casa é o Potion Explosion. Adquirido em segunda mão durante o Leiriacon, é, também, um jogo simples de explicar e de jogar. Neste jogo, cada pessoa tem uma série de poções para completar. Para tal, tem de recolher berlindes das cores indicadas no frasco.

A novidade está na forma como podemos retirar berlindes – se, ao retirarmos um berlinde, os dois que se juntam forem da mesma cor, ocorre uma explosão e o jogador ganha os berlindes envolvidos na explosão. Adicionalmente, as poções completas conferem poderes adicionais, que têm de ser bem geridos.

Jogos Infantis

O Monstro das cores não tem grandes mecânicas de jogo, nem necessita de grande raciocínio – apenas de alguma memória. No entanto, pertence a toda uma linha de produtos que tem por objectivo ajudar as crianças a lidar com os seus sentimentos. A premissa é simples – o monstro está confuso e ao visitar cada sentimento vai descrever situações que o levam a experimentar esse sentimento. O jogador que fizer o monstro visitar esse sentimento vai, também, ter a oportunidade de tentar descobrir em que garrafa este se encontra.

A corrida das tartarugas não tem um visual muito inovador mas possui mecanismos interessantes que podem ajudar na aquisição de competências para jogos mais complexos. Nesta corrida, cada jogador está a torcer por uma tartaruga, mas ninguém (a não ser o próprio jogador) sabe qual é. Para mover as tartarugas jogam-se as cartas da mão. Caso estejam na mesma casa, as tartarugas passam a empilhar-se e a mover-se em conjunto (numa forma de deslocação semelhante ao Camel Up).

O terceiro jogo desta categoria, Dr. Eureka tem como objectivo melhorar a destreza dos mais pequenos – mas cá em casa tem feito grande sucesso entre os mais crescidos, sobretudo entre adultos não jogadores que assim pegam em algo rápido, movimentado e divertido.

Jogos de grupo

O primeiro deste grupo é, sem dúvida, Trapwords. Ainda que o tema o faça parecer um jogo mais juvenil, é um bom jogo de palavras que renova o mecanismo de Tabú com alguns elementos interessantes – a lista de palavras proibidas é construída pela equipa adversária, sendo que a equipa que está a tentar passar a prova desconhece as palavras proibidas. Adicionalmente, o número de palavras proibidas vai crescendo consoante a equipa avança numa masmorra, e existem dificuldades adicionais nalgumas provas! Para mais informações podem consultar o meu comentário ao jogo.

Meeple Circus chegou este Natal mas já nos cativou! Neste jogo cada jogador tem de escolher bonecos para construir os padrões solicitados pelo público! Se o conseguir fazer tem pontos por cada padrão que concretizar! Adicionalmente, recebe pontos por conseguir colocar bonecos azuis no chão e bonecos amarelos no ar, bem como pela altura dos bonecos vermelhos (medida por uma régua especial). A prova final tem elementos adicionais, em que cada jogador deve bater palmas a cada peça colocada, ou cantarolar durante toda a música!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.