Ms. Marvel – Vol. 3 – Wilson, Miyazawa e Bondoq

Ms. Marvel regressa para um terceiro volume carregado de boa disposição e de acção! Sem esquecer as lutas com vilões, e as peculiares demonstrações de poderes, as histórias deste volume usam as características culturais de Kamala para criar histórias diferentes e únicas no mundo dos super-heróis.

Este volume de Ms. Marvel é composto por três histórias distintas, duas mais curtas que abrem e fecham o volume, e uma terceira que ocupa a maioria das páginas. As histórias apresentam uma personagem coerente que continua a tentar balancear as suas origens culturais, com a responsabilidade acrescida dos seus poderes. Sucedem-se os típicos problemas de adolescentes, mas também inventivos episódios de lutas contra vilões.

Na primeira história Loki é enviado à Terra para garantir que não existem restos de artefactos criados por um vilão, Inventor. Aqui encontramos um Loki trapaceiro, mas focado na sua missão, que se apercebe da paixoneta de Bruno por Kamala e que decide ajudá-lo a troco de dicas.

Na segunda história a jovem é forçada a fazer sala para uma família paquistanesa. A perspectiva de uma tarde de seca rapidamente se transforma quando conhece um jovem que tem os mesmos hobbies que ela! Mas não só tem os mesmos hobbies, como também é inumano. Este príncipe encantado parece a combinação perfeita para o príncipe encantado de Kamala, mas acaba por se revelar uma péssima influência.

O volume fecha com uma pequena aventura na escola, quando o S.H.I.E.L.D. se desloca às instalações para apanhar um contrabandista que vende restos tecnológicos de vilões. O resultado é uma sucessão de episódios que oscila entre o trágico e o engraçado e que dá espaço a Ms. Marvel para revelar a sua competência e ajudar os agentes especiais.

Ms. Marvel pertence a uma nova geração de super heróis que usam personagens num espectro mais alargado de variedade – jovens, de origens não ocidentais ou mulheres. Esta variedade dá origem a diferentes conflitos culturais. Neste caso, Kamala tem origem paquistanesa e é educada sob rígidas regras de convivência, havendo a expectativa de casar com alguém da sua cultura no futuro.

Aproveitando a herança cultural de Kamala, os autores criaram uma personagem peculiar, em que a tensão das batalhas com os vilões é intercalada com os problemas da adolescência, neste caso mais específicos às origens paquistanesas. Assim, fala-se de integração e de respeito às origens, de expectativas familiares e de identidade. Mas enquadrando estes temas com a vivência de uma personagem.

Kamala / Ms. Marvel é uma personagem distraída e despassarada, com gostos geek, que não apercebe das intenções do seu melhor amigo. Estas peculiaridades são aproveitadas para tecer histórias que intercalam momentos engraçados com episódios de acção, resultando numa amálgama bem disposta e cativante.

Em termos narrativos a história tem espaço para o desenvolvimento das personagens, bem como para os momentos de acção com boas demonstrações de poderes. A história tem um bom ritmo e torna-se cativante, usando de forma competente a boa disposição para nos envolver na narrativa. É uma leitura agradável e original que se distingue pela personalidade da heroína!

A série Ms. Marvel é publicada em Portugal pela G Floy.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.