Resumo de Leituras – Novembro de 2021 (7)

199 – The Hollow Places – Narrativa de horror com elementos lovecraftianos que segue uma personagem pouco provável para uma aventura em mundos paralelos. Uma jovem divorciada procura o seu novo rumo quando é convidada pelo tio a mudar-se para um quarto no museu de curiosidades. Após a ausência do tio, um buraco na parede revela um espaço impossível que a leva para um estranho lugar. Leitura fluída, não excelente, mas boa, de elementos crescentes que segue um pouco a linha de horror indescritível;

200 – The Magic Fish – Narrativa juvenil que cruza adaptação cultural, sexualidade e contos tradicionais. Um jovem tenta adaptar-se, mas não existem palavras para descrever o que é aos pais. Este impedimento linguístico provoca alguma angústia e incerteza, sentimentos que serão exacerbados pelas acções idiotas de quem está à frente do estabelecimento de ensino. Em paralelo exploram-se histórias tradicionais e o recontar em formato oral que acrescenta algo à história. Uma narrativa interessante e envolvente, em vários aspectos;

201 – Threading the Labyrinth – A história de um jardim ao longo de vários séculos, saltitando entre diferentes personagens, sendo que, em torno do lugar parecem existir fenómenos sobrenaturais que recordam as histórias do povo pequeno que existem no imaginário anglosaxónico. Uma leitura curiosa, com elementos interessantes, mas que não me fascinou;

202 – Tina – Respeito – Nova graphic novel que pega numa das personagens de Maurício de Sousa para tecer uma história mais adulta e actual. Neste caso, pega em Tina, colocando-a como uma nova jornalista numa redação. A história prossegue num género de alusão ao MeToo, mostrando como algumas pessoas em posição de poder usam a sua influência para forçar a relacionamentos poucos profissionais;

203 – Capitão Feio – Tormenta – Outra graphic novel que usa as personagens de Maurício de Sousa, para se focar no Capitão Feio – um suposto vilão que se revela uma personagem complexa, e, na realidade, um herói não reconhecido. É uma abordagem interessante se a compararmos com os usuais livros de super-heróis;

204 – Os Crimes do ABC – Boa adaptação de um icónico caso de Hercule Poirot! Apesar do aspecto clássico existe expressividade das personagens, fluidez narrativa e envolvência com o leitor. Gostei da leitura!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.