Um contrato com Deus – Will Eisner

IMG_4190

O termo Novela Gráfica ganhou notoriedade após o lançamento de Um Contrato com Deus, uma forma de enaltecer os comics e de os tentar fazer ascender a uma classe mais respeitada de leitores. O termo tem os mais diversos defensores e as mais diversas ramificações, sobre as quais não me vou alongar.

Um Contrato com Deus não é, decerto, uma das melhores leituras de banda desenhada dos últimos tempos mas consegue conceder momentos agradáveis pela forma como traça uma caricatura de uma realidade que desconhecemos, a do quotidiano nas grandes cidades americanas, principalmente pelas famílias que lá tinham chegado há poucas gerações.

IMG_4194

A primeira história é a que dá o título ao conjunto, Contrato com Deus, e retrata a vivência de um Judeu que, propagando o bem, julga estar a salvo dos maus acontecimentos. Revoltado com a morte do filho adoptivo, muda radicalmente de estilo de vida, passando a dar primazia ao lucro pelo lucro, uma existência vazia que rapidamente o vai minar.

IMG_4199

Em O Cantor de Rua seguimos um dos vários homens que sobrevive nas ruelas entoando cantorias e recolhendo as esmolas. O caminho de um destes cantores cruza-se com o de uma cantora de ópera outrora famosa que vê nele a possibilidade de voltar a frequentar meios mais dignos.

IMG_4202

Em O Zelador voltamos a visualizar o funcionamento daqueles grandes prédios onde se amontoam famílias e a manutenção é deixada a cargo de um único homem, contrato para o senhorio, que não tem meios para enfrentar todas as necessidades. A forma de contornar este facto e manter a vizinhança em ordem, é agir agressivamente. Mas quando se é odiado por todos qualquer falha pode ser facilmente usada contra ele.

IMG_4203

A última história, Cookalein, volta a centrar-se nestas famílias que, todos os anos, procuram sair da cidade, mudar de ares. A maioria vai para um pequeno aglomerado onde, a troco de alguns tostões, podem fazer uso da cozinha e dormir por ali, nem que seja no palheiro. Alguns dirigem-se a um aglomerado mais caro, tendo em vista casamentos com pessoas acima do seu estatuto social.

Nestas cidades americanas reina o caos – a estrutura da cidade não está preparada para a onda de novos habitantes que procuram concretizar o famoso sonho americano. O que encontram é uma vivência dura onde se predispõem a trabalhar no duro, ou caem na sarjeta, resultado da desilusão ou das circunstâncias da vida.

IMG_4207

O que se torna interessante é a caricatura deste quotidiano americano em que as personagens assumem todas as características da sua persona social – a figura do judeu que enriquece rapidamente quando vive para o lucro, a figura odiada do zelador, a menina que procura um bom partido ou o desgraçado que canta nas vielas. A todos o destino prega partidas e traça caminhos tortos na forma como lhes concede uma saída.

Em Portugal este volume foi publicado pela Levoir em parceria com o Público na colecção Novela Gráfica.

Outras obras de Will Eisner

Um pensamento sobre “Um contrato com Deus – Will Eisner

  1. Pingback: Um contrato com Deus – Will Eisner | F_C ...

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s