Passatempo – As Atribulações de Jacques Bonhomme

IMG_5594

De autoria portuguesa, este livro contem várias histórias que quase poderiam acontecer nas nossas ruas, de amigos traídos e boas acções recompensadas com tragédia. Esqueçam o optimismo, isto é a selva da vida real, tudo é negro e poucas vezes a história acaba bem (para os interessados, podem consultar uma opinião mais completa aqui). Eis a sinopse oficial:

O primeiro contacto com a prosa eficiente e económica, directa, de Telmo Marçal introduz-nos de, forma imediata, nas regras do mundo em que viemos cair: Estamos realmente na jaula da fera encurralada, mas eis que, afinal, somos nós essa fera.(…) Há, no entanto, um motivo legítimo para entrarmos assim incautos: não temos por hábito encontrar este tipo de prosa esta forma de pensarmos o mundo, na nossa literatura portuguesa.(…) Somos perfeitos na caricatura mordaz. Mas quando se trata de construir mundos racionais, ainda que fechados e claustrofóbicos como os que aqui encontrarão, de imaginar uma alternativa ao nosso presente ou mesmo ao passado histórico idolatrado por este povo (ainda que não passe de uma versão expurgada dos pecados cometidos), quando, afinal, nos negam o romance das coisas não temos grande experiência… A nossa ficção científica, quando se manifesta, apropria-se normalmente de universos alheios que encontrara nas leituras dos romances estrangeiros; quando em raras ocasiões se aventura no caminho da especulação social, fá-lo timidamente ou assente em abordagens subjectivas ou puramente pessoais.(…) em Telmo Marçal a opressão é total, implacável, e não há forma de escapar à intensidade ao que o momento presente nos impede de olhar para o futuro e nos força a sobreviver, a não ser pela ocasional ironia.

Para ganharem este volume apenas têm de enviar um mail para rascunhos.blog [AT] gmail [DOT] com, indicando nome e morada, com o mesmo título do post “Passatempo – Bonhomme“. Como anteriormente não têm de seguir o blog em nenhuma das suas vertentes (se o fizerem é agradável, mas não é obrigatório) – basta enviarem um mail. O passatempo termina a 27 de Junho.

Notas adicionais: Os dados enviados serão usados apenas para o passatempo. Aceitam-se participações em Portugal (continental e ilhas). Para fora de Portugal, apenas se participarem nos portes. Uma particpação por pessoa ou por mail (várias pessoas não podem participar de um mesmo endereço de e-mail e uma mesma pessoa não pode participar de vários endereços diferentes). Participações adicionais serão ignoradas. O único exemplar disponível será sorteado, e o vencedor comunicado neste blog. Irei, também, enviar um e-mail para o vencedor, com o intuito de confirmar os dados antes do envio. Se não me responder em tempo útil (duas semanas) passarei ao segundo contemplado. Porque não trabalho nem moro perto dos correios (nem estes têm um horário compatível com a minha profissão) por vezes demoro um pouco a enviar o exemplar.

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.