Como oferecer ficção científica ou fantasia a toda a gente (2)

(parte I)

a vida no ceu

4. A vida no céu – José Eduardo Agualusa

Os livros deste autor costumam possuir um género de fantástico mágico na história. Mas neste caso diria que é mais ficção científica. Num futuro não muito distante um desastre ecológico fez submergir todos os terrenos. Para sobreviver, a humanidade teve de subir aos céus em balões de ar, e construir novas cidades.

Apesar de demasiado centrado em dois jovens que se transformam em heróis salvadores, a história, que flui rapidamente, aproveita a culpa da humanidade no desastre ecológico e a criação de uma nova estruturação social. Não sendo a melhor leitura apocalíptica que já encontrei, é uma boa leitura para os que não conhecem o género e não gostariam de excessivos detalhes científicos.

hav

5 – Hav – Jan Morris

Para os que gostam de literatura de viagem, nada melhor do que Hav, um livro que descreve minuciosamente uma cidade multicultural que nunca existiu. Bem enquadrado na colecção de Literatura de Viagens da Tinta-da-china, apresenta detalhes tão minuciosos que vários leitores já contactaram o escritor para perceberem a localização exacta da cidade.

Esta cidade mediterrânica teria estado sob a alçada de diversos países, albergado diversos refugiados e fugitivos de guerra, um potencial paraíso para espiões, refugiados, ou até nazis – viajantes em transição que quisessem desaparecer ou mudar de identidade. A diversidade cultural e religiosa é fascinante e contagia não só o quotidiano dos habitantes como é perceptível na descrição da arquitectura dos edifícios. E o mais engraçado é o que leitor até se esquece que… a cidade não existe.

o ultimo livro

6 – O Último Livro – Zoran Zivkovic

Tendo como personagem principal um inspector de polícia, O Último Livro centra-se na investigação de uma livraria onde, subitamente, os clientes começam a morrer. O inspector, um leitor ávido, apaixona-se pela dona da loja, enquanto procura o que estará a causar a morte.

Este não é um simples livro de mistério criminal. Entre as referências a bons livros em cenários privilegiados (livrarias e salões de chá) encontramos seitas, perseguições e um livro com estranhos poderes que todos procuram.  O autor há era conhecido com livros que juntam várias histórias de uma única temática, mas com este livro mudou de formato e criou uma leitura excepcional.

2 pensamentos sobre “Como oferecer ficção científica ou fantasia a toda a gente (2)

  1. Pingback: Como oferecer ficção cient&iacute...

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s