Novidade – Andrómeda – Zé Burnay

Andrómeda, de Zé Burnay foi publicado orignalmente em edição inglesa do próprio autor, com financiamento cooperativo (Indiegogo). Entretanto, a edição original está praticamente esgotada e editora portuguesa A Seita lançou, há alguns meses, uma belíssima edição portuguesa, com desenhos extra de autores portugueses. Podem ler a minha opinião mais completa, seguindo o link.

Deixo-vos a sinopse, bem como algumas páginas disponibilizadas pela editora:

Andrómeda é já uma das obras-primas da banda desenhada portuguesa, fruto de anos de trabalho do artista Zé Burnay, que a foi lançando em comics individuais, antes de os reunir num volume único, que é agora lançado na sua versão portuguesa.

Jornada do herói que acompanha um estranho nómada perdido numa viagem entre o iniciático e o surreal, Andrómeda é também a crónica de um regresso a um destino simultaneamente desejado e desconhecido, através de uma paisagem pós-apocalíptica ou perdida na antiguidade. Uma obra-prima da banda desenhada portuguesa, que mergulha o leitor no imaginário do seu autor, feito de mitos e lendas, terror, simbolismo e aventura.

Originalmente publicado em formato comic, em dois capítulos, Bugonía (2016) e Uma Casa no Horizonte (2017), e comercializado em festivais e vendas online em língua inglesa, a obra de Zé Burnay, enriquecida de um novo capítulo, A Nossa Mãe, a Montanha, foi editada em inícios de 2019 numa versão inglesa (Andromeda or The Long Way Home), que rapidamente se esgotou. É com orgulho que A Seita apresenta esta magnífica banda desenhada numa edição luxuosa em português, que inclui também o caderno de extras, esboços, etc… originalmente publicado na versão inglesa, e uma série de ilustrações de artistas convidados, entre os quais várias inéditas de artistas portugueses. Entre os artistas incluídos podemos citar o grande Mike Mignola, fã de longa data da obra de Zé Burnay, mas também ilustrações de Artyom Trakhanov, Matt Smith, Aaron Conley, entre outros, e dos portugueses André Caetano, André Pereira, Jorge Coelho e Mosi. Músico e compositor, Zé Burnay criou também uma banda sonora de música ambiente que acompanha o livro, para proporcionar uma experiência de leitura mais imersiva, que os leitores poderão ouvir aqui:

andromedamusic.bandcamp.com/

Posted In

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.