Shelves (17)

The Centauri Device, de John M. Harrison foi o livro escolhido para iniciar O Círculo de Leibowitz, e que já foi comentado por aqui e Mr. Pye de Mervyn Peake foi o último livro que li. Mervyn Peake é o autor de Gormenghast, uma série fantástica que estou para ler há já algum tempo e sendo Mr. Pye um livro mais curto, resolvi pegar-lhe primeiro:

Equipped with love, Mr Pye lands on the island of Sark; his mission is to convert the inhabitants into a crusading force for the undiluted goodness that he feels within. Mr Pye is, however, prone to excess and this is very nearly his downfall.

Dreamsongs 2 é a segunda parte de uma antologia de George R. R. Martin que reune 32 contos e novelas, entre os quais A Song for Lya, The Pear-Shaped Man e The Skin Trade.

Last Argument of Kings é uma incógnita. Depois de considerado por vários dos bloguistas mais conhecidos como um dos melhores livros de 2008, optei por comprar a série.

Ainda que The Fourth Circle de Zoran Zivkovic não me tenha convencido, os contos que já tinha lido encontram-se entre os melhores. Por essa razão resolvi adquirir os dois livros de contos curtos, duas edições fabulosas. Pelo menos Seven Touches of Music não me desapontou e contém várias histórias de excelente qualidade.

Sangue de Dragão é o primeiro livro de Ana Vicente Ferreira, do qual não devem ler a sinopse por correrem o risco de pesado spoiler.

O livro de Robert Masello, Blood & Ice, foi um dos oferecidos e possui uma sinopse um tanto ou quanto estranha:

On a diving expedition in the polar sea he discovers two bodies encased in ice. The pair, a man and a woman chained together, their dress from the nineteenth-century, are brought to the surface – along with a trunk containing a strange, but sinister cargo. As the ice around them begins to thaw, the mystery of these time-bound lovers begins to unravel. Michael is gradually drawn into a horrific story that starts in the London barracks in the 1850s and leads to the bloody battlefields of the Crimea and the tragic Charge of the Light Brigade. Now, in the Antarctic wastes, the Cavalry officer and his lover are reawakened into a world where the midnight sun lasts for months, where there’s nowhere to hide and no place left for the living to run…

2666, de Roberto Bolano é um dos livros de 2008 – altamente referenciado por diversos críticos e incluído no top 10 do NYTimes, 2666 tornou-se numa celebridade. Infelizmente, poucos dias após a compra, surgiu uma notícia onde se colocava a possibilidade de ter sido descoberta, entre os escritos do falecido autor, uma possível sexta parte do livro. É preciso ter azar.

The Reincarnationist é o primeiro livro de uma trilogia, da qual não sei o que esperar:

Desperate for answers, Josh turns to the world-renowned Phoenix Foundation–a research facility that scientifically documents cases of past life experiences. His findings there lead him to an archaeological dig and to Professor Gabriella Chase, who has discovered an ancient tomb–a tomb with a powerful secret that threatens to merge the past with the present. Here, the dead call out to the living, and murders of the past become murders of the present.

Por último, Preacher: Gone to Texas é um comic sangrento com um resumo promissor:

One of the most celebrated comics titles of the late 1990s, PREACHER is a modern American epic of life, death, love and redemption also packed with sex, booze, blood and bullets – not to mention angels, demons, God, vampires and deviants of all stripes.

At first glance, the Reverend Jesse Custer doesn’t look like anyone special-just another small-town minister slowly losing his flock and his faith. But he’s about to come face-to-face with proof that God does indeed exist. Merging with a bizarre spiritual force called Genesis, Jesse now possesses the power of “the Word,” an ability to make people do whatever he utters. He begins a violent and riotous journey across the country in search of answers from the elusive deity.

2 comments

  1. O Preacher é muito bom, vais gostar. Blasfemo, asneirento como tudo, violento, mas muito bom!

    O Abercrombie foi muito elogiado realmente nos dois últimos anos, mas não sei se não será overrated, depois diz o que achaste.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.