Este é o primeiro volume de uma série de livros sobre mitologia nórdica. Para quem me conhece, sabe que me é difícil resistir a livros sobre mitologia, mas ainda não tinha nada concreto sobre os Deuses de Asgard. Sendo uma colecção deste género, costumam existir alguns riscos nestas colecções de banda, já que nem sempre os volumes apresentam a qualidade desejada.

Este primeiro volume apresenta-nos uma família de camponeses que migrou para uma zona remota, acossada por fortes ventos e tempestades. Enquanto os pais evoluem no caminho da apatia, os filhos, já crescidos tomam conta de tudo e tentam fazer sobreviver a família. Um dia, dois viajantes batem à porta e, a troco de abrigo, oferecem um belo repasto, enquanto contam histórias de Thor e Loki. Para quem está a ler a história, rapidamente percebemos que os dois viajantes são Thor e Loki, sendo que é Thor o mais comunicativo com os mortais.

A história está contada em linguagem competente e perceptível, não havendo, neste volume, grande falhas gramaticais ou de construção frásica. O texto é acompanhado por imagens apropriadas que remetem para os episódios contados, e, no final há vários textos sobre o Mundo Viquingue,

O resultado, não sendo extraordinário, é bom. As histórias apresentadas são interessantes e entrelaçam-se bem numa sequência lógica, os extras são interessantes, e as imagens (no estilo mais clássico de ilustração) complementam bem o texto. Por este motivo, é uma colecção que continuarei a ler.