9789727124176.jpg
No segundo livro da série, Anders continua as suas aventuras com  Katt, a rapariga-animal que o terá salvo e são fornecidas mais pistas sobre o que se terá passado aquando da formação deste estranho mundo hierarquizado, que parece saído de uma lenda antiga.

A impressão mediana sobre a série mantém-se. Engraçado, com partes que até me parecem originais (ou simplesmente ainda me falta ler muito de fantasy), mas com outras que me continuam a parecer pouco lógicas. Abundam pontas soltas ou esquecidas e pequenos dados nem sempre congruentes.

As personagens parecem ter alguns comportamentos pouco lógicos, que até poderiam ser explicados aquando do descortinar de factos chave, mas que não são convincentes.

Comentário ao primeiro livro