Who Fears Death – Nnedi Okorafor

who fears death

Mundo inóspito carregado de violência. Assim é a realidade descrita em Who Fears Death, uma realidade pós-apocalíptica onde restam alguns pedaços de tecnologia funcional que não ocupam grande espaço no dia-a-dia, e onde resta o ódio entre dois povos, Okeke (povo mais tribual de pele escura) e Nuru (povo mais claro que tenta escravizar e dominar os Okeke).

Onyesonwu (nome que se traduz em Who Fears Death) cresceu no deserto acompanhada apenas pela mãe, Okeke, sem se aperceber do quão particular é – a pele mais clara denuncia-a como o resultado do cruzamento entre os dois povos, Okeke e Nuru, o resultado de um acto de violência que envergonha a família e provoca a deambulação da mãe por locais inóspidos e isolados.

Sem poder fugir para sempre, a mãe decide retornar à civilização quando a filha atinge a idade adequada para aprender a ler. Uma decisão correcta, mas que carrega as suas próprias consequências – Onyesonwu apercebe-se do quão diferente é, e cresce sem amigos da sua idade. Em contrapartida, trava conhecimento com aquele que irá ser seu padrasto e a tratará como filha.

yvonne muinde who fears death

Imagem de Yvonne Muinde, inspirada em Who Fears Death (http://io9.com/5800488/nnedi-okorafors-who-fears-death-to-become-a-feature-film)

Consciente da vergonha que a sua existência impõe sobre a família honrada, Onyesonwu decide-se a particpar numa cerimónia de maioria, como forma de se enquadrar socialmente. Deste ritual, que se resume à castração feminina, resulta uma amizade cúmplice das quatro raparigas envolvidas e despertam-se os poderes mágicos de Onyesonwu, que, com a dor, a tornam transparente por breves momentos.

Apesar das capacidades mágicas, o ser mulher barram-na de aprender algo mais. O mago da aldeia resiste à perspectaiva de a ensinar, até se convencer de que os poderes da rapariga têm de ser controloados. Ao lado de Onyesonwu está Mwita, um jovem originado também do cruzamento entre as duas raças a quem, tendo falhado a iniciação mágica, resta apenas acompanhar a rapariga.

Vencedor do World Fantasy Award e nomeado para outros conhecidos prémios, é uma história que, à primeira vista, pode ser confundida como uma adolescente história de anjos. Mas esqueçam as asas da capa – como já devem ter percebido, pouco é inocente ou angelical nesta história e as asas que adornam as costas da rapariga são as de um abutre.

Apesar de partir de uma personagem forte que se poderia transformar na típica heroína, afasta-se da banalidade pelo percurso carregado de consequências – nem sempre as boas acções de Onyesonwu têm o efeito esperado, por um lado porque nem tudo depende apenas dela, por outro, porque o tom da sua pele impede que os outros a vejam por aquilo que é. No final esperado, a história fecha-se de forma impecável.

Desenvolvendo-se a partir de uma realidade cultural bastante diferente da que nos envolve, a história consegue tocar em temas polémicos como a tentativa de controlo das mulheres através da castração ou como a luta entre populações através das violações que visam diluir o sangue dos vencidos. Uma história com ecos da realidade africana que consegue transpor os seus ecos e tornar-se em algo mais.

5 pensamentos sobre “Who Fears Death – Nnedi Okorafor

  1. Pingback: The Dark – Volume 1 – Vários autores | Rascunhos

  2. Pingback: Alguns lançamentos nacionais para o ano de 2018 – parte 1 | Rascunhos

  3. Pingback: Novidade: Quem teme a morte – Nnedi Okorafor | Rascunhos

  4. Pingback: Resumo – 2º trimestre de 2018 | Rascunhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.