Filmes: A Visita

IMG_8267

Apesar de ter gostado de alguns dos trabalhos de M. Night Shyamalan fui ver A Visita reticente, talvez por causa da premissa simples (os netos vão visitar os avôs que nunca conheceram) ou talvez porque os os últimos se tornaram expectáveis a meio, perdendo grande parte da piada.

Foi, também, em parte o que me aconteceu com A Visita – o twist não é difícil de perceber e as pistas são demasiado óbvias, reiterando as minhas suspeitas iniciais e fazendo perder o ênfase do grande momento revelador que se desenrola exactamente como previsto.

Resultado: neste momento tenho sentimentos dúbios em relação ao filme. À percepção adiantada do twist acresceu o facto de não perceber qual o tom que o filme queria tomar – se o do suspense / horror, se o de comédia. A alternância entre as duas facetas de forma pouco convincente tornou a história pouco coesa.

E quem leu até aqui pensa… onde está a dualidade? É que mesmo com estes pontos negativos, o filme tem excelentes momentos de tensão que vão sendo resolvidos de forma genial. O neto mais novo protagoniza várias cenas hilariantes sendo a personagem que mais confere ao filme aspectos positivos.

Resultado: recomenda-se, mas não levem as expectativas muito altas.

3 pensamentos sobre “Filmes: A Visita

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s