Acadie – Dave Hutchinson

 

Envolvente e imaginativo, Acadie traz-nos um mundo colonizado por engenheiros genéticos que criaram um sistema política peculiar. Fugidos da justiça da Terra por terem ideias demasiado radicais para a evolução dos seres humanos, fundaram uma colónia num planeta sem grandes recursos minerais e por isso pouco provável de ser explorado pelos terrestres.

Para além dos engenheiros genéticos a colónia é composta por algumas pessoas que se encontravam na nave roubada a quem foi dada a possibilidade de se juntarem, bem como uma nova geração de seres humanos geneticamente modificados, de inteligência extrema, mas vidas mais curtas.

“They were just hardwired to see all the angles of a situation, all at once, in nitpicking detail. Some of the early generations had been shy, borderline Asperger-ish, but most of the more recent ones were fully socialized and you could have a normal conversation with them, even though you knew that, in their heads, they were simultaneously analyzing all the possible outcomes. It could be a bit spooky, if you let it get to you.”

A personagem principal é o presidente – a pessoa que menos se interessou pela política e que, por isso, acabou eleito. O gabinete que lhe é atribuído é o menos bem localizado, e o trabalho é chato mas simples. Pelo menos até ao dia em que aparece uma sonda terrestre que, quase de certeza, lhes denunciou a posição.

Com uma reviravolta final que não é totalmente original, Acadie consegue apresentar uma perspectiva interessante num contexto peculiar – uma colónia fundada por geeks
que se conseguem alterar morfologicamente, e que criam uma nova geração de seres humanos muito inteligentes, capazes de grandes revoluções tecnológicas.

I sighed and shook my head. This was what happened when a bunch of Tolkien geeks fot the power of life and death over an entire solar system, and I was almost exactly the wrong generation to appreciate it.

The line of figures moving along the white path resolved themselves into about a dozen elves dressed in silver armour and carrying bows and swords.

Sem ser uma leitura excelente, é uma história que escorre facilmente e que cruza engenharia genética com inteligência artificial, em que não faltam alguns detalhes geek para compor o conjunto.

2 pensamentos sobre “Acadie – Dave Hutchinson

  1. Pingback: Resumo de leituras – Setembro de 2017 (4) | Rascunhos

  2. Pingback: Assim foi: Fórum Fantástico – as escolhas do ano | Rascunhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s