Happy! – Morrison e Robertson

Happy! é um volume curioso que abre em grande – um intenso episódio de tiroteio dentro de uma casa que acaba com mais mortos do que tinha sido planeado. E será mesmo uma dessas mortes que põe em sarilhos Nick Sax, com a mafia e a polícia atrás de si.

E quem é Nick Sax? Bem, é a personagem principal de Happy!. Ex-detective da polícia, viu a sua vida ir pelo cano abaixo quando não cedeu à chantagem da máfia. Primeiro perdeu o casamento e depois o emprego. Agora é um assassino a soldo que faz pequenos serviços e frequenta lugares duvidosos, entre o vício da bebida e do jogo.

A chacina inicial coloca-o como alvo preferencial da máfia e, consequentemente, dos polícias corruptos. Nada que não tenha sido explorado já noutras narrativas. Mas o que aqui se destaca é que Nick acorda no hospital com visões peculiares – um pequeno unicórnio voador e azul!

Este boneco que passa a acompanhá-lo, ajuda a safar-se mas tem, também, uma agenda própria. Por alguma razão desconhecida Nick é o único que o consegue ver e o unicórnio decide que este homem será o salvador da menina de quem é o amigo imaginário. O difícil será convencer Nick a agir nesse sentido. E se o ex-detective é uma personagem repugnante, quando percebemos a sua ligação ao unicórnio a sua existência ganha sentido.

A mistura de Morrison com Robertson apenas poderia ser explosiva! Durante a toda leitura recordei The Boys sem me ter apercebido que era o mesmo desenhador. Os desenhos acompanham a mesma violência pura, disruptiva e abrupta do The Boys, levando à dessensibilização por parte do leitor.

As feições e as posturas são carregadas e ligeiramente caricaturistas, ajudando na caracterização de Nick como um homem duro, pouco sensível, e que já perdeu qualquer esperança na humanidade. A acompanhar o desenho, as cores são sobretudo acizentadas revelando a decadência do mundo que rodeia Nick. E é neste cinzento que se destaca o unicórnio azul fluorescente, sempre com piadas e de bom humor!

Happy! não é uma leitura formidável, mas permite, sem dúvida, ao leitor uns momentos de diversão, com uma sucessão de episódios movimentados, contrastes mirabolantes e, no final, um explosivo sentido de justiça!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.