O crescente medo face a possível terrorismo tem atingido proporções estúpidas, levando a adopção de medidas ainda mais estúpidas que embora para nada serviam, enchem os olhos dos fanáticos pela segurança. Estas medidas afectam o dia-a-dia das pessoas em coisas tão banais como ouvir música no Reino Unido.

Outra medida que pode ser adicionada à lista das coisas que não passam na cabeça de ninguém (só de americanos) é uma lei que impede a deslocação de cientistas americanos a Cuba, mesmo por razões científicas. Razão – medo que tal favoreça as organizações terroristas… Agora digam, “estamo” ou “não estamos” paranóicos??

Como o acesso à Science não é geral, transcrevo aqui as partes que me parecem mais relevantes para perceber a questão

Beginning next month, Florida researchers won’t be able to travel to Cuba to carry out any studies. Although the United States allows such interactions, the state has banned faculty members at Florida’s public universities from having any contact with the island nation under a law enacted last week. (…)
“Florida’s taxpayers don’t want to see their resources being used to support or subsidize terrorist regimes at a time when America is fighting a war on terror,” says David Rivera, a Republican Cuban-American state legislator who introduced the bill. (…)
“There’s also the danger of U.S. scholars being used by the Cuban government for propaganda,” he says, echoing one of Rivera’s arguments in support of the legislation.