Colecção 1001 Mundos – Gailivro

Blog1001Mundos

Aqui está uma colecção que, há alguns anos atrás, me fez ter esperança na tradução de grandes títulos de ficção científica em língua portuguesa. Para além de ter publicado livros de autores nacionais (relembro Se Acordar Antes de Morrer de João Barreiros ou As atribulações de Jacques Bonhomme de Telmo Marçal), teve a ousadia de publicar, entre menos interessantes romances de fantasia urbana, títulos como Ar de Geoff Ryman, Brasil de Ian MacDonald, ou Onde os últimos pássaros cantaram de Kate Wilhelm. Talvez para despachar stock, alguns destes excelentes livros encontram-se agora a 3.50€ na FNAC (ou 3.15€ para aderentes – link para a colecção onde se incluem os que estão a este preço). Eis alguns dos que li e que aconselho.

atribulacoes

De capa peculiar que não me faz pensar no tema do fantástico, reúne vários contos, alguns de horror, de reviravoltas inesperadas e finais abprutos, onde as personagens nos apresentam a sua estreita visão dos acontecimentos. Destaca-se um conto que relembra os Ghouls, bem como um distópico onde as pessoas procuram ser hospitalizadas para beneficiarem das condições da estadia. Esqueçam o optimismo, isto é a selva da vida real – tudo é negro e poucas vezes a história termina bem. Caso pretendam saber um pouco mais do livro, há alguns anos fiz um pequeno texto de opinião.

ar

Apesar de ser pelo menos o terceiro livro publicado em português de Geoff Ryman, e de já ter vindo a Portugal pelo menos duas vezes, não acho que seja um autor conhecido pelo público português, mesmo aquele que aprecia o género. Antes de Ar foram publicados The Warrior who Carried Life (O Guerreiro que trazia a vida) pela Editora Caminho na coleccção Caminho Ficção Científica e The Child Garden (O Jardim de Infância) na colecção Limites da Clássica Editora. Vencedor de vários prémios, este Ar apresenta-nos um mundo semelhante ao nosso onde se desenvolveu a possibilidade de os humanos se ligarem cerebralmente à net, sem recurso a qualquer aparelho. Algo interessante que, numa aldeia tradicional se transforma em pânico. Caso queiram ler algo mais, deixo aqui link para opinião mais detalhada.

brasil

Capa futurista estonteante (da autoria de Martiniere), Brasil assemelha-se a River of Gods, livro favorito do autor, pela apresentação de várias histórias interligadas. Neste caso as histórias decorrem em épocas diferentes, uma no passado, outro no presente, e uma terceira no futuro, explorando temas tão distintos como a escravidão, a crueldade dos reality shows e até a sexualidade. Deixo-vos link para opinião mais longa.

onde os ultimos passaros

Novamente o tema das capas, mas não se afastem do livro por causa da capa. Volume incluído nos Scifi Masterworks foca-se num mundo onde a poluição excessiva provocou o declínio da fertilidade nos seres humanos. De tal forma que um grupo de cientistas resolveu optar pela clonagem perpetuando-se a si próprios e aos seus familiares. Ao invés de se salvar a humanidade cria-se quase uma espécie separada, onde os clones demonstram pouco empatia pelos humanos e desenvolvem uma cultura alienada com valores diferentes.

Para além destes títulos que se encontram agora a preço excelente (e que por isso aproveitei para destacar) a colecção inclui também outros excelentes títulos como Cornos de Joe Hill, O Medo do Homem Sábio de Patrick Rothfuss, Metro 2033 de Dmitry Glukhovsky ou O Homem Pintado de Peter V. Brett.

 

 

2 comments

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.