Babel-17 – Samuel R. Delany

Babel-17 … Ou como a linguagem simultaneamente representa e impõe uma determinada forma de pensar – também poderia ser um bom título para o livro, não fosse demasiado longo. A aprendizagem de uma nova língua é uma boa forma de expandir o cérebro a novos conceitos, transpondo alguns elementos culturais que ajudam a captar diferentes perspectivas e a categorizar a realidade com uma lógica distinta.

É este conceito que Babel-17 explora numa história movimentada de personagens pouco lineares onde se procura a origem de uma nova linguagem que surge associada a vários ataques terroristas. Perceber o que é comunicado é o desafio que uma conhecida linguista fora da estrutura militar abraça, Rydra Wong, fascinada pela complexidade e estrutura própria da linguagem. A par com uma enorme capacidade para apreender idiomas, Rydra parece ter alguma capacidade para ler pensamentos – ou será pura capacidade para percepcionar expressões?

Rydra Wong, a mulher que percebeu que as comunicações não se tratavam de meras cifras mas sim de uma linguagem é, em si, uma personagem com uma história pessoal digna de um livro, tanto pelas suas capacidades mentais que demonstra, como pela desenvoltura nas aventuras mirabolantes e surreais em que se envolve constantemente. Capaz de inspirar fidelidade em quem a segue, reúne uma tripulação peculiar mas competente que acaba por a proteger de influências negativas e inesperadas.

Babel-17 explora vários elementos clássicos da ficção científica como viagens espaciais, relacionamentos pouco convencionais ou a possibilidade de acordar os mortos e levá-los a desempenhar as mesmas funções que tiveram em vida. Mas nenhum destes elementos se compara à apresentação da linguagem como modo de percepcionar o mundo e de impor uma determinada lógica, constituindo, até, um modo de subverter mentes e abrir caminho a novas capacidades.

Babel-17 foi vencedor do prémio Nebula de 1966 conjuntamente com Flowers for Algernon. Engraçado perceber como ambos, apesar de conterem vários elementos de ficção científica tradicional se centram sobretudo no desenvolvimento cerebral.

Um pensamento sobre “Babel-17 – Samuel R. Delany

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s