Os Pássaros no Fim do Mundo – Charlie Jane Anders

Patrícia é uma rapariga peculiar que cedo descobre a capacidade para falar com os animais. O problema é que nunca mais consegue reproduzir essa capacidade e acaba sem saber se a sonhou e afinal não é uma bruxa. Por sua vez, Laurence é um rapaz prodígio no que toca à tecnologia, construindo a sua própria inteligência artificial com peças caseiras.

Apesar de diferentes em capacidades, existe algo que aproxima os dois – ambos são párias na escola, presenças incómodas entre os demais estudantes. Patrícia é demasiado esquisita e Laurence demasiado geek e pouco voltado para os desportos ao ar livre.

Como se não bastassem as pressões escolares, os pais de cada um fazem pressões diferentes para deixarem de ser quem são. Os pais de Laurence querem que o filho passe despercebido e os pais de Patrícia queriam que ela fosse como a irmã, a representação de perfeição nos estudos e na socialização.

Seguidos por um assassino profissional que se estabelece na escola como professor para os poder vigiar, conseguem sobreviver de formas diferentes. Patrícia é, finalmente, integrada numa escola de bruxas que é muito pouco parecida com Hogwarts, mais parecendo um campo militar, e Laurence lá consegue seguir os estudos para uma escola que aproveite as suas capacidades.

Anos mais tarde, Patrícia é uma bruxa que deve ter cuidado para não cair no Engrandecimento e Laurence é um cientista bem sucedido que está a construir uma tecnologia capaz de transportar os seres humanos para outro mundo – o nosso está nitidamente a chegar ao final dos tempos, sobrecarregado com a poluição.

Os Pássaros no Fim do Mundo é um livro longo que consegue fazer-nos criar empatia para com estas duas crianças estranhas, de capacidades distintas. Ainda que Laurence seja o que é voltado para a ciência, é a interacção com Patrícia que faz com que a inteligência artificial que constrói se desenvolva mais rapidamente.

Sem condescendências, expressando preocupação para com o estado do planeta (Laurence acha que o futuro está em sair da Terra, Patrícia prefere a cura) Os Pássaros no Fim do Mundo é uma história que pode ser lida por jovens, mas também por adultos. Trata-se de uma história que se torna mais interessante pela forma como é contada do que por aquilo que conta e que interliga ficção científica com fantasia, mostrando que a pureza do raciocínio científico pode não bastar para salvar o planeta – é necessária a ligação à Natureza e consideração por outras formas de vida.

Os Pássaros no Fim do Mundo foi publicado em Portugal pela TOPSELLER.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s