Um invulgar Anjo da Guarda – Sandrine Revel e Denis Pierre Filppi

De capa engraçada, quando peguei neste livro esperei algo diferente e mais juvenil. Esta espectativa estava correcta, mas deparei-me com uma leitura que também pode ser lida pelos mais crescidos, com uma grande dose de humor.

A história

Um diabo apaixonou-se por uma anjo da guarda e rapidamente tece um plano para a voltar a ver – que melhor forma do que seguir os protegidos? E porque não, protegê-los ele também, como forma de cair nas boas graças?

Bem, mas o diabo não está habituado a tais funções e, apesar das boas intenções, coloca as crianças em situações constrangedoras e cómicas, fazendo com que sejam capazes dos feitos mais impossíveis.

Crítica

As duas crianças moram num orfanato. Esta circunstância faz com que seja mais evidente a necessidade de serem protegidas por um anjo, ou, até, por um diabo. A vida era dura, e os dois meninos (irmãos) apercebem-se que alguma coisa muda. Roupas novas, e salvos do bullying dos colegas, a vida melhora ligeiramente. Ainda assim, são eles que, conhecendo finalmente o autor das capacidades mirabolantes, trazem à razão o diabo.

A história, curta, apresenta uma breve moralidade mostrando que a ajuda deve ser guardada para os momentos fundamentais. É, no entanto, uma mensagem desconfortável quando consideramos as circunstâncias em que os dois meninos vivem.

Ainda, assim, um dos pontos mais interessantes é apresentar-nos o diabo como uma personagem sem índole má, mas apenas como uma criatura que não sabe os limites do bem e do mal. Tal falta de noção fará com que, mesmo bem intencionado, faça disparates, criando os momentos mais cómicos e relaxados da história.

Os desenhos são caricatos e caricaturescos. Expressões exageradas em corpos relativamente simples, que contrastam com uma cidade mais geométrica. Os planos e as proporções não são perfeitos, mas fazem parte da aura mais naive da história e do desenho. O desenho casa bem com a história, e realça os episódios mais inusitados.

Conclusão

Um Invulgar Anjo da Guarda é uma leitura engraçada que cumpriu as expectativas, proporcionando diversão e distracção, mas tendo também uma mensagem por detrás da história.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.