Há algum tempo que procurava adquirir este livro – uma compilação de algumas criaturas que surgem no imaginário tradicional português. Algumas delas foram alvo de histórias na antologia Insonho, que infelizmente não teve muitos volumes disponíveis em Portugal (se bem me recordo, tinha um nível de qualidade bastante elevado).

Este livro tem, no entanto, um público alvo mais jovem. A cada página apresenta-se uma criatura, com uma breve descrição e uma ficha de criatura que inclui dados como Habitat, Alimentação e Dimensões. Adicionalmente, existe uma imagem (de contornos toscos, semi cómicos) onde se acrescentam curiosidades (ou legendas) e algumas piadas.

Temos, assim, uma secção sobre medos e papões (com bichos como Homem do Saco, Insonho ou Maria Gancha), outra sobre os corredores de fado (com tardos ou lobisomens), animais (Verdugo Barbudo ou Bicho Cidrão), fadas moiras e bruxas (moiras encantadas ou mulher marinha), espíritos fantasmas bruxos e demónios (com aventesmas ou dianhos), criaturas diminutas (trasgos e labregos) ou gigantes (como olharapos ou bisarmas). Cada secção tem várias criaturas, explicadas de forma sucinta.

Como Bestiário, trata-se de uma compilação interessantes, que pega nos principais grupos de criaturas e as apresenta em meia dúzia de linhas, constituindo uma recolha curiosa de várias regiões. É, sobretudo, uma leitura curiosa para os mais jovens. Mas no meu entender, este bestiário poderia ser ainda mais interessante, se contivesse algumas histórias completas em torno destas criaturas – é que mesmo depois de alguma pesquisa, é-me difícil encontrar algumas das lendas onde estas bestas se encontram.

Advertisement