The Painted Man – Peter V. Brett

The Painted Man é o primeiro volume da Trilogia do Demónio, publicado em Portugal pela Gailivro como O Homem Pintado. Na América foi publicado sob o título The Warded Man. Enquadrado dentro do género fantástico, não foi nomeado para prémios no género, mas os dois volumes têm sido extensamente lidos e referenciados.

No mundo imaginado por Peter V. Brett todas as noites os demónios sobem das profundezas da Terra para atacarem e devorarem os humanos.  Estes defendem-se com a ajuda de guardas, símbolos que formam escudos invisíveis mas intransponíveis por demónios, enquanto estiverem bem definidos: um símbolo menos definido ou um risco mais apagado provoca brechas no escudo que são exploradas afincadamente pelos demónios.  Com uma couraça dura e mais fortes do que os humanos, os demónios nunca são atacados pelos humanos, que se escondem por detrás das guardas. Caso estas oscilem e os demónios consigam atacar, os humanos raramente se defendem, deixando-se devorar quase passivamente, com medo.

Mas nem todos ficam paralizados pelo terror. Quando vê a mãe a ser atacada, Arlen abandona a protecção das guardas, socorre-a e esconde-a, ainda que não evite as queimaduras provocadas pelos demónios de fogo. No dia seguinte a família é obrigada a viajar para procurar a ajuda de uma curandeira, mas o pai obriga-os a pernoitar perto da vila por medo dos demónios, perdendo um dia inteiro na viagem. A mãe acaba por morrer sem assistência e Arlen, ainda com raiva face à passividade do pai aquando do ataque, foge quando assiste à escolha de uma nova esposa no mesmo dia em que a mãe falece.

Sozinho na floresta, Arlen desenha um círculo de guardas para se proteger dos demónios. Ainda que este escudo seja efectivo, Arlen descuida-se e tapa uma, não evitando o ataque de um demónio. Quando repõe a guarda, o escudo é restaurando, cortando o braço de um demónio de pedra. Delirante de febre em resultado do ataque, Arlen é recolhido por um mensageiro, o mesmo que tivera dias antes na sua aldeia. Este acolhe-o e leva-o para a cidade onde mora, tratando-o como um filho e dando-lhe formação como guardador. Mas Arlen não pretende permanecer na segurança fornecida pelas guardas, sonhando em viajar como mensageiro e enfrentar os demónios à noite.

Mas a história não se centra apenas em Arlen. Leesha é uma rapariga de aldeia que vive com os pais até ao dia do casamento: o pai é um homem letrado mas submisso e a mãe é uma bela mulher que maltrata todos os que a rodeiam. Prometida ao mais forte e belo rapaz da aldeia, Gared, Leesha aguarda ansiosamente o dia em que se poderá casar e sair de casa. Quando a aldeia é atacada por demónios, a curandeira Bruna desloca-se à aldeia e, no sufoco do trabalho, acaba por afastar a imprestável aprendiz e aproveitar a criança mais próxima para sua ajudante, Leesha. Entre os aldeões que perderam a casa no ataque encontram-se Gared e o pai, a quem a mãe oferece guarida. Durante a noite, a mãe muda-se para o quarto do pai de Gared e Gared tenta-se aproveitar da proximidade de Leesha, sem sucesso. Ainda assim, no dia seguinte, Gared vangloria-se de se ter deitado com Leesha. Sentindo-se traída, esta enfurece-se de tal forma que decide aceitar o convite de Bruna em se tornar aprendiz e quebrar o noivado.

É neste mundo de contornos medievais que conhecemos e acompanhamos as personagens principais, jovens que nem por isso são infantis. Sem nunca atingir um tom paternalista, é uma história extensa que nunca se torna aborrecida. Movimentada e de ritmo constante, seguimos as várias linhas narrativas por uma premissa que se poderia ter tornado aborrecida pela exaustão com que foi explorada noutras histórias: os seres humanos aguardam a chegada de um salvador que comandará a batalha contra os demónios.

Viciante, foi com pressa que terminei este volume e iniciei a leitura do seguinte.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.