Efeitos secundários – vários autores (2ª parte)

efeitos

Depois do conto de Luís Filipe Silva, segue-se Com a Verdade M’Enganas de José Xavier Ezequiel, um conto de um homicida em série, que mata criadas domésticas, um género de bonecas encomendadas que poderão servir para algo mais do que limpar o pó. As mortes causam terror não tanto pela morte das criadas, mas pela forma como o homicida consegue ultrapassar a segurança das casas. Um conto bem concebido e interessante, ainda que não seja totalmente o meu género de história.

Noite de Paz, de João Barreiros, foi publicada recentemente na colectânea de contos do autor, Se acordar antes de morrer.  Transcrevo (e adapto) aqui a opinião do conto enquadrada na colectânea: Ainda que se centre no Pai Natal, não esperem uma história fofinha e melancólica, ou não estariamos a falar de João Barreiros. Ainda que a história decorra no Norte da Europa e existam renas, este não é o Pai Natal típico, antes uma anomalia, um nanoconstructo que ameaça a economia mundial que terá de ser eliminado a todo o custo. Desta forma, um batalhão armado até aos dentes enfrenta as suas doces memórias e ataca as instalações do Pai Natal com o objectivo de o eliminar.

O próximo conto é de Joe Haldeman, A Piloto. Nesta colectânea pode ser lido em português (com tradução de João Barreiros) ou no original inglês. Ainda que lhe tenha chamado um conto, é mais um episódio de uma história do que propriamente um conto e descreve a entrevista a uma mulher que conduz uma nave ou, na realidade, se “transforma” na própria nave para a conduzir. Mas por detrás das palavras directas da piloto encontram-se outros pensamentos e objectivos. Apesar de possuir a sua própria originalidade, é o mais esquecível e banal conto do conjunto.

Missão Secundária de Gerson Lodi-Ribeiro será um conto baseado na novela de história alternativa Estranhos no Paraíso. Neste conto segue-se a viagem de uma nave que, ao manter contacto com uma civilização alienígena, encontra vestígios de uma outra civilização inteligente com origem na Terra, mas de fisionomia arrepiante. Um conto engraçado que se enquadra numa história maior não apresentada, e que promete algo mais.

O último conto, A Profecia da Água de Helena Coelho, apresenta-nos o contacto entre duas espécies inteligentes de mundos diferentes: a espécie humana encontra vida noutro planeta e tenta aprender costumes e linguagem. A história é contada pelo ponto de vista da civilização contactada que se sente simultaneamente curiosa e ofendid,a com os estranhos hábitos daqueles seres esbanjadores de água. Um conto que apresenta as consequências não previstas de banais acções numa cultura distinta.

Apesar de não ter gostado de igual forma de todos os contos, este é um bom conjunto de histórias, talvez um dos melhores em português que tive oportunidade de ler, Na sua maioria as histórias apresentam-se bem construídas e coesas, quase todas com paralelismos e reviravoltas. Destacam-se, a meu ver, as histórias de Maria de Menezes (pela irónica diversão), de Luís Filipe Silva (pela transformação tecnológica da temática pesada) e de João Barreiros (com o máximo prejuízo).

Parte I do comentário a Efeitos Secundários

 

 

Um pensamento sobre “Efeitos secundários – vários autores (2ª parte)

  1. Pingback: Efeitos secundários – vário...

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s