Jardim de Inverno – Renaud Dillies e Grazia la Padula

O dia a dia cinzento de um rapaz na cidade é quebrado pelo gotejar constante na cozinha, provocado por água vinda do vizinho de cima, um velhote solitário. Neste seguimento, a interacção com o idoso recorda os pais do rapaz com os quais não fala há bastante tempo.

Sentindo também o isolamento da cidade e a falta de convívio, a primeira reacção é afastar-se do velhote e das emoções que este lhe desperta – até porque o retomar do contacto com os pais não lhe parece fácil, e os dias cinzentos abatem-se, deixando-o menos capaz de reconhecer o amor da namorada.

Felizmente esta apatia é quebrada por dois episódios decisivos, afastando a monotonia e concedendo várias razões para que os dias se tornem mais coloridos e animados e a vida se encaminhe.

De detalhes deliciosos, um visual expressivo, caricato e envolvente, Jardim de Inverno cativa o leitor mesmo na ausência de grande textos, com os cenários deprimentes da cidade, os ombros descaídos da personagem principal e a transição de ambiente no seguimento de episódios chave. Jardim de Inverno foi publicado em Portugal pela Kingpin books.

Um pensamento sobre “Jardim de Inverno – Renaud Dillies e Grazia la Padula

  1. Pingback: Ecos Invisíveis – Tony Sandoval e Grazia La Padula | Rascunhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s