Jessica Jones: Alias – Vol.2 – Bendis e Gaydos

img_9886

Jessica Jones é notoriamente uma personagem com traumas. Inteligente, com super-poderes, mas com baixa auto-estima, tenta apagar o passado com um consumo excessivo de álcool e embrenhando-se em casos difíceis em terriolas esquecidas que ficaram paradas no tempo.

Neste segundo volume Jessica Jones procura uma adolescente desaparecida que morava numa dessas terriolas onde as ideias bacocas abundam e o próprio padre prega um discurso abertamente racista contra os detentores de super-poderes. Nada que não seja partilhado pelos restantes habitantes – durante a investigação pela jovem descobrem-se vários episódios suspeitos de violência contra os super, colocando-se a hipótese de a desaparecida ser mais uma vítima do preconceito.

img_9902

Apesar de ter sido uma heroína de fato especial a acompanhar, Jessica Jones descarta qualquer referência à sua anterior ocupação e raramente usa os super-poderes que possui.  Como detective prefere observar e espicaçar testemunhas, mostrando o cinismo próprio de alguém que, sendo inteligente, já perdeu fé na humanidade.

img_9897

Original pela peculiar personalidade de Jessica Jones e pela abordagem que segue ao integrá-la numa profissão menos charmosa, esta série peca, no meu ver, apenas por possuir algumas páginas visualmente desconfortáveis, com espaços em branco.

Detalhes, pois este volume é complementado com algumas imagens bastante interessantes, quer ao mostrar o cadernos de recortes da adolescente perdida (uma abordagem interessante), quer numa pequena história final, independente, onde Jessica Jones é paga para descobrir quem é o Homem Aranha – sem grande sucesso, mas não porque a própria não saiba a sua verdadeira identidade.

img_9890

Entre as histórias de super-heróis e as histórias de detectives, Jessica Jones é uma heroína peculiar que demonstra a sua inteligência e perspicácia sem episódios de grande show-off intelectual, por vezes de forma subtil mas eficaz.

Em Portugal a série Jessica Jones está a ser publicada pela G Floy.

3 pensamentos sobre “Jessica Jones: Alias – Vol.2 – Bendis e Gaydos

  1. Pingback: Jessica Jones: Alias – Vol.2 – Bendis e Gaydos — Rascunhos – www.jgbsproducoes.com

    • Só algumas páginas – o Gaydos é o desenhador “regular” , responsável pela maioria das páginas interiores. Pelo que diz o próprio Bendis no final o Mack era o desenhador das capas que ele também queria incluir no interior e usou a existência de um caderno de recortes da rapariga desaparecida para o pôr a fazer essas partes (que para mim são excepcionais).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s