Deadpool – A Guerra de Wade Wilson – Duane Swierczynski e Jason Pearson

img_2675

Entre a loucura e a trapaça pouco ou nada se pode acreditar no que Deadpool diz. Este volume reúne duas histórias em que Deadpool tem oportunidade para revelar como surgiu a sua identidade, como se destruiu a sua aparência, como se tornou mercenário. Herói consciente da sua presença numa banda desenhada, consciência que o torna ainda mais louco para os que o rodeiam, Deadpool é um misto de angústia e loucura inteligente.

img_2751

Deadpool é, na prática, um palhaço perigoso. Capturado no seguimento de uma missão que originou uma carnificina colossal, é chamado a testemunhar no senado americano. De máscara em máscara conta uma versão da sua história que poucos conseguem corroborar, nem que seja parcialmente. O homem que foi, Wade Wilson, poderá não ter existido, ou pelo menos não da forma como descreve.

img_2756

Desfigurado, Deadpool esconde-se por detrás da máscara e por detrás de uma grande dose de sarcasmo sob a forma de piadas constantes que oscilam entre a auto-comiseração e a perda da razão ou de percepção. Entre o que conta e o que sucedeu existe uma grande diferença, e no final ficamos sem perceber se a versão final é minimamente credível. Provavelmente não é.

img_2766

Para além da história que dá título, o volume apresenta uma outra história sobre a origem de Deadpool (X-Men Origins: Deadpool). Também aqui Deadpool conta a sua história, procurando, entre os argumentistas de Hollywood quem possa fazer uma boa adaptação.

img_2778

Tratando-se de Deadpool, a abordagem é violenta. De argumentista em argumentista, quase todos tentam, sem o ouvir, apresentar uma versão alternativa da sua própria vida, dando-lhe outra profissão ou outra origem. As entrevistas sucedem-se, deixando um rasto de sangue e destruição, até ao momento em que encontra, finalmente, alguém que começa por ouvir a versão de Deadpool.

img_2770

Rindo-se de si próprio, perante os que o rodeiam e perante o próprio leitor, consciente de que existe um leitor, Deadpool é uma personagem do qual nada se pode esperar. Pouco linear, escondido sob várias camadas de versões mais ou menos romanceadas dele próprio, ou demasiado brutais, percebemos que o verdadeiro Deadpool, que existe em raros momentos de sanidade, se encontra entre todas estas versões que utiliza a seu belo prazer, consoante a audiência e o objectivo.

img_2747

Este volume constitui o 36º de A Colecção Oficial de Graphic Novels Marvel da Salvat.

2 pensamentos sobre “Deadpool – A Guerra de Wade Wilson – Duane Swierczynski e Jason Pearson

  1. Pingback: Resumo de Leituras – Março de 2017 (1) | Rascunhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s