O quinto volume da colecção comemorativa dos 80 anos do Batman, lançada em Portugal pela Levoir em parceria com o jornal Público, traz-nos um livro algo diferente do usual mas que reconta Conto de Natal de Charles Dickens. De visual bastante forte, este livro apresenta Batman como um herói demasiado concentrado na sua luta contra os vilões, fisica e psicologicamente doente.

A história é contada como se fosse um conto de Natal, mostrando como um homem pobre se deixa emaranhar na clandestinidade ao tentar construir um lar melhor para partilhar com o filho. Por seu lado, Batman está tão obcecado em apanhar Joker que não se importa com os meus que usa para tal, não hesitando em usar pequenos criminosos para atingir este objectivo.

Doente, delirante, Batman recebe a visita de um Super homem ponderado como se fosse o espírito do Natal que lhe tenta mostrar o outro lado da vida destes pequenos criminosos – criminosos com poucos meios para sobreviver que tentam fazer pequenos trabalhos paralelos e que acabam entre poderosos vilões e heróis impiedosos como este Batman.

Ainda que em termos narrativos a história não seja excelente (longe disso, tratando-se do primeiro trabalho de Lee Bermejo como argumentista) este volume destaca-se pela qualidade visual, fornecendo uma visão estranha da cidade negra em época natalícia, rodeada de neve e luzes natalícias, mas, ainda assim, não dando tréguas aos seus habitantes – nem nesta época.

A colecção comemorativa dos 80 anos do Batman é publicada em Portugal pela Levoir em parceria com o jornal Público.