Lançamento: Dampyr – O Suicídio de Aleister Crowley – Boselli e Cropera

Um dos lançamentos de A Seita para este Amadora BD é um novo volume de Dampyr no mercado português! O desenhador, Michele Cropera vai estar disponível no evento nos dias 26 e 27, sendo que as sessões de autógrafos serão no Sábado 26 das 16:00-18:00 e no Domingo das 16:00-19:00.

Entretanto, deixo-vos a sinopse e algumas páginas disponibilizadas pela editora:

Depois de Dylan Dog, A Seita traz-nos mais uma aventura dos fumetti italianos, desta vez protagonizada por Harlan Draka, o Dampyr, criado por Mauro Boselli e Maurizio Colombo. Nascido da união de um vampiro com uma mulher mortal, Harlan está entre dois mundos, e percorre o globo em busca de todas as criaturas sobrenaturais do mal.

O que une o poeta Fernando Pessoa, o mago Aleister Crowley, Ofélia Queiroz, as criaturas saídas dos contos de H. P. Lovercraft e o terramoto de 1755, que praticamente destruiu a cidade de Lisboa? Para responder a esta questão, Dampyr regressa a Portugal para investigar o aparente suicídio de Crowley ocorrido em 1930, na Boca do Inferno, perto de Cascais. 

Depois de Aventuras em Portugal, que a Levoir publicou numa coleção dedicada às personagens da Sergio Bonelli Editore, Dampyr está de regresso a terras lusitanas, desta vez para investigar o aparente suicídio de Aleister Crowley, ocorrido em 1930 na Boca do Inferno, perto de Cascais. Uma aventura fantástica saída da pena de Mauro Boselli e ilustrada por Michele Cropera, que recupera o encontro histórico entre duas figuras cujo saber esotérico estava em pólos opostos, Pessoa, profundo conhecedor de astrologia e das novas tradições neo-herméticas de finais do século XIX, e Crowley, mágico e cultor de variados rituais e conhecedor das práticas e filosofias orientais.

O que uniu então estes dois homens? Este é o fio condutor de uma história que aproveita os acontecimentos para evocar a atmosfera de Lisboa da época, unindo habilmente a passagem de Crowley por Lisboa, o terramoto de 1755 e todo o universo lovecraftiano, sublinhando a capacidade de uma série como Dampyr poder desenvolver-se em várias épocas e estender-se a diferentes cenários, ambientes e influências.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pages from Dampyr Suicidio AC (011-016) v4 HD-4 copy

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pages from Dampyr Suicidio AC (011-016) v4 HD-3 copy

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pages from Dampyr Suicidio AC (011-016) v4 HD-2 copy

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pages from Dampyr Suicidio AC (011-016) v4 HD-1 copy

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pages from Dampyr Suicidio AC (026-028) v4 HD-3 copy

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pages from Dampyr Suicidio AC (026-028) v4 HD-2 copy

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pages from Dampyr Suicidio AC (026-028) v4 HD-2 copy

 

 

 

 

 

 

 

Pages from Dampyr Suicidio AC (026-028) v4 HD-1 copy

 

 

 

 

 

Pages from Dampyr Suicidio AC (025) v4 HD-2 copy

 

 

 

Pages from Dampyr Suicidio AC (011-016) v4 HD-6 copy

 

Pages from Dampyr Suicidio AC (011-016) v4 HD-5 copy

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.