Transdimensional – Michael Gordon, Henrique Pereira, e vários

Este volume de banda desenhada foi lançado através de Kickstarter. Tratou-se de um investimento relativamente seguro no sentido em que estes autores (e respectiva editora) já tinham lançado outros projectos. Em termos de produto não fiquei mal servida – a qualidade da edição é razoável, equivalente a um volume da Image (talvez melhor considerando o tipo de papel), o desenho é competente (bom, sem ser excelente), a narrativa é compreensível, e existe uma boa ligação entre o desenho e a narrativa.

Posto isto, a narrativa desenvolve-se cruzando duas premissas caseiras mas sofre uma reviravolta apertada e demente que quebra a sequência de forma estranha e irritante. Reviravolta esta que explica a classificação dentro dos géneros da ficção científica e do horror.

Um casal separou-se no seguimento da doença da filha. O pai continua a tentar voltar à normalidade, tentando encontrar uma solução para a doença e para o casamento. Encontramos este homem a tentar vender um projecto de exploração sub marítima, havendo algumas pistas de que este projecto poderá estar relacionado com os problemas familiares.

Este projecto é aprovado, mas da tripulação do submarino terá de fazer parte a esposa. Só que da mesma tripulação também faz parte o amante não assumido. Este triângulo amoroso é revelado no início do volume e terá pouca importância para o desenrolar da história, mas é um detalhe que ocupa algum espaço narrativo.

No fundo do mar encontra-se um submarino russo encalhado – um submarino que esconde um segredo de horror no seu interior. Quando tentam explorá-lo, são contagiados. A partir daqui a história enlouquece-se, com um desenvolvimento estranho, reviravoltas pouco lógicas e excessivas que precisavam de maior espaço para ser desenvolvidas.

O resultado não é mau, mas também não é bom. Existem aspectos a ser melhorados, sobretudo a nível narrativo. O desenho é minimamente competente mas também precisava de uns toques, mais detalhe ou melhores cores. Ainda assim, já li pior em editoras mais conceituadas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.