The Android’s Dream – John Scalzi

Se o título do livro deixa poucas dúvidas à referência a Do Android’s Dream of Electric Sheep de Philip K. Dick, a capa elimina as restantes ao nos apresentar um andróide adormecido rodeado de ovelhas.

Em Android’s Dream os seres humanos estabeleceram contacto com vários extra-terrestres, destacando-se os Nidu. É com esta raça que os seres humanos possuem a aliança mais forte, mas como esta é das raças militarmente mais fracas da Confederação, alguns elementos do corpo diplomático humano pretendem diminuir os laços com os Nidu, de modo a estabelecer outras alianças mais vantajosas.

A comunicação verbal entre os Nidu de casta elevada é complementada com o olfacto, característica que já causou desentendimentos com os humanos que, sem querer, exalaram algum odor com significado ofensivo.  Com base neste facto, Moeller, um diplomata humano, instala um aparato mecânico nos intestinos, que lhe permitirá emitir mensagens ofensivas ao embaixador Nidu sem que os restantes elementos da reunião se apercebam.

Se os seres humanos pretendiam quebrar os laços com os Nidu de forma pacífica, após o incidente com Moeller poderá deflagrar uma guerra. Para evitar um confronto militar, os terrestres terão de descobrir uma ovelha da raça Android’s Dream, peça fundamental na cerimónia de coroação Nidu. Ainda que tenham existido alguns espécimes na Terra, parece que todos foram alvo de um vírus desconhecido. O único pedaço de DNA pertencente à raça Android’s Dream encontra-se numa mulher.

As ovelhas não serão o único paralelismo para com Do Android’s Dream of Electric Sheep de Philip K. Dick, existindo também a criação de uma inteligência artificial à imagem da humana. Mas enquanto que, no livro de Philip K. Dick a inteligência construída apresentava algumas diferenças que a alienavam, em The Android’s Dream foi descoberta a forma perfeita de mimetizar o pensamento humano.

Para além da construção de um cérebro artificial, e de uma raça de ovelhas geneticamente modificadas, encontramos ainda uma Igreja cuja fundação se baseou num livro de ficção científica, mais concretamente de poemas proféticos em torno de uma ovelha que se tornará um Messias.

Hipóteses científica à parte, The Android’s Dream é uma paródia, uma contínua apresentação de cenas nonsense carregadas de ironia que pretendem ridicularizar algumas instituições reais e, até, a espécie humana. Não faltam os episódios de violência gratuita de elementos simultaneamente gore e cómicos, como a existência de um extraterrestre capaz de digerir humanos como parte da sua missão religiosa. Apesar de pecar pelo excesso de reviravoltas, é uma história movimentada, leve e cómica.

3 pensamentos sobre “The Android’s Dream – John Scalzi

  1. Pingback: Resumo de Leituras – Abril 2010 « Rascunhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s