O lar da senhora Peregrine para crianças peculiares – Ransom Riggs

O Lar da Senhora Peregrine para crianças peculiares é um livro destinado a um público mais juvenil mas nem por isso totalmente condescendente ou linear, ainda que possua algumas coincidências pouco prováveis e uma história algo afunilada na personagem principal.

Se há algo que importa destacar neste livro é o aspecto gráfico, com páginas separadoras e fotografias que lembram as décadas passadas do século XX, com as suas fotografias falseadas mostrando falsos prodígios. Todas as fotografias mostradas são verdadeiras, recolhidas pelo autor em vendas de garagem.

A história centra-se num rapaz, Jacob, que cresceu a ouvir as histórias mirabolantes do avô, um rapaz que sobreviveu à família, exterminada nos campos nazis. Após a fuga terá sido acolhido numa casa com outras crianças, crianças que teriam dons extraordinários. As histórias germinam na sua mente mas quando começa a ser gozado pelos colegas de escola acumula alguma raiva por ter acreditado em contos de fadas, acusando o avô de o ter contaminado com tais ideias.

Só aquando da morte do avô em circunstâncias estranhas é que percebe que alguma parte da história poderá ser verdade e, entre pais e psicólogo, lá consegue viajar à ilha remota onde se situaria a tal casa, conjuntamente com o pai que pretende iniciar outro livro sobre aves.

A vila inóspita que se situa na ilha tem poucas condições para turistas ou viajantes e sente-se uma aura de agressividade passiva, uma mentalidade rude aguçada pela necessidade e pela dura sobrevivência aos bombardeamentos da Segunda Guerra Mundial.

Desolado, quase a desistir entre os destroços da casa que terá acolhido o avô, Jacob descobre finalmente pistas sobre algo mais – e um caminho secreto que o leva a um vórtice no tempo onde os colegas prodigiosos do avô persistirão, a cargo da Senhora Peregrine.

Mas nem tudo são boas notícias. Os monstros também andam à procura das crianças, mas com o intuito de as consumir. Jacob descobre que, também ele, tem uma capacidade que o distingue e um papel a desempenhar nesta batalha.

 

O Lar da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares é um livro cuja leitura escorrega facilmente. Com algumas coincidências excessivas que quase tornam o desenrolar dos acontecimentos desconfortável, apresenta uma história engraçada com detalhes imaginativos, destacando-se a utilização das fotos antigas para imaginar poderes para cada uma das crianças.

A interacção entre as crianças é engraçada e realista, mostrando picardias e dominâncias, um aproveitamento exibicionista dos poderes como num circo. É, desta forma, um livro aconselhável a um público mais jovem, não totalmente condescendente e interessante, com detalhes originais e envolventes.

O Lar da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares foi publicado em Portugal pela Contraponto.

4 pensamentos sobre “O lar da senhora Peregrine para crianças peculiares – Ransom Riggs

  1. Pingback: Resumo de leituras – Outubro de 2017 (4) | Rascunhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s