A história de um rapaz mau – Thomas Bailey Aldrich

História autobiográfica, o rapaz aqui retratado não é propriamente mau. Antes endiabrado, inicialmente mais centrado em si próprio e com uma lógica deturpada de quem pouco conhece o mundo. Assim chega a Rivermouth onde irá, pela primeira vez, frequentar a escola.

Após firmar o seu lugar entre os colegas, nem que para tal tenha tido de andar ao murro com um rapaz maldoso que agredia outros mais jovens e indefesos, Thomas envereda por uma série de diabruras explosivas em conjunto com os restantes rapazes da terra. Juntam dinheiro, compram pólvora e com ela fazem, por exemplo, explodir mais de uma dezena de canhões antigos espalhados pela cidade como peças de museu.

De ideias fixas e correcto na forma de agir apesar das travessuras, é um rapaz que, como qualquer outro da sua idade, se revela incapaz de prever as consequências dos actos que perpetua. Por vezes mau aluno, mas na maioria das vezes na média dos restantes, cresce na ausência dos pais, na casa do avô a quem tem um enorme respeito.

Divertido e caricato, A História de um Rapaz Mau apresenta-se sob a perspectiva da própria personagem principal, um jovem curioso que gosta de explosões e de armas, como era usual, não faltando os episódios de grandes batalhas entre grupos rivais e o ocasional interesse na componente feminina da juventude.

A História de um Rapaz Mau foi publicado pela Edições Tinta da China.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s