156 – Os monociclistas – António Ladeira – Do mesmo autor de Seis Drones, apresenta uma série de contos numa sociedade com elevada tecnologia onde as premissas do lucro ou do controlo são levadas ao extremo, resultando em elementos distópicos ou até absurdos – comparável, claro, à nossa própria realidade e às modas resultantes do marketing que transformam temporiariamente o que nos rodeia;

157 – One-Punch Man – Vol.5 – One e Yusuke Murata – O herói continua na sua demanda em se tornar conhecido e em fazer a diferença apesar da baixa classificação que obteve ao licenciar-se como herói. A sua capacidade de eliminar qualquer monstro com um único murro torna-se um herói peculiar onde as cenas  de batalha são extremamente curtas, com pouca troca de galhardetes verbais;

158 – Hellblazer: Na Prisão – Brian Azzarello e Richard Corben – Eis uma personagem peculiar que se vê na prisão. A sua presença cria instabilidade entre os outros reclusos – sem se encaixar num grupo concreto, sem medo de se isolar, vai respondendo às tentativas de pressão por parte dos vários grupos existentes;

159 – O Último Recreio – Carlos Trillo e Horacio Altuna – Mas mais do que esta leve perspectiva de um novo renascer da humanidade, O Último Recreio retrata o desespero de milhões de crianças que se vêem sozinhas, sem a moralidade e as indicações dos adultos, sem saberem o que é correcto, traumatizadas – mas aprendendo constantemente com as interacções, voluntárias e forçadas.