Jogos ao Sábado – uma série de rápidas impressões

Eis uma série de primeiras impressões de vários jogos que experimentámos recentemente – primeiras impressões porque ainda não tivemos oportunidade de os jogar várias vezes ou de aprofundar dinâmicas que envolvem.

Scythe

Em termos visuais este jogo é um mimo. Os bonecos são detalhados e fabulosos, induzindo uma espécie de visual retrofuturista que nos remetem para o início do século XX, colocando, nesta época, máquinas avançadas que permitem conquistar territórios ou transportar aldeões muito mais rapidamente.

Trata-se de um jogo de construção que possibilita a conquista de território, a movimentação de peões num tabuleiro e a evolução dos nossos tabuleiros. Cada jogador tem um tabuleiro único com uma combinação própria de acções, duas a duas. Em cada jogada podem ser feitas as duas acções associadas, se tiver materiais que assim o permitam. O jogo termina com a concretização de uma série de objectivos que nos obrigam a evoluir em diversos sentidos.

Para alguém que, como eu, gosta de construir fábricas e usufruir do investimento, Scythe pode deixar um leve sentimento de frustação no final – se um dos jogadores tiver como estratégia a rápida resolução, o nosso investimento pode não chegar a ter o retorno esperado (entenda-se que, neste caso, não me estou a referir ao centro do tabuleiro que se denomina fábrica, mas ao investir em libertar acções fazendo com que cada jogada renda pontos e popularidade).

Em jogos seguintes precisei ter em mente que não se trata de um jogo que se alongue o suficiente para usufruir totalmente da fábrica. Desta forma, tive de balancear o desenvolvimento da fábrica com a maior concretização dos objectivos, não esquecendo a optimização das jogadas duplas (em que se deve ter em consideração as características do tabuleiro de que dispomos).

Decididamente, gostei! É um jogo que pretendo tirar da prateleira várias vezes, havendo tempo para tal!

Fotossíntese

De elementos competentes e simples (excepto o sol que poderia ter sido melhor pensado, num sistema de fácil rotação de dois níveis de tabuleiro), Fotossíntese tem um mecanismo engraçado em que plantamos e fazemos crescer árvores, ganhando pontos com o seu abate.

As árvores que estão a crescer no tabuleiro projectam sombra, consoante a direcção do sol e impedem outras árvores, à sua sombra, de crescerem. Quanto maiores forem as nossas árvores, maior a sombra que projectam e, consequentemente, a nossa área de influência, mas diminui-se a capacidade de fazer crescer árvores – as nossas e as dos outros. É um jogo de controlo de área com um mecanismo engraçado de rotação no tabuleiro.

Brass – Birmingham

Algo que me fascinou foi o aspecto do jogo – elegante, alusivo à revolução industrial, com duas fases de jogo (de acordo com as fases da revolução) e com um tabuleiro com dois visuais. A cada turno o jogador pode realizar até duas acções, tendo como objectivo a acumulação de pontos que são originados pelo consumo de mercadoria, seja pelas cidades, seja por outras fábricas. Para tal, o jogador vai construir linhas de fornecimento e fábricas de produtos ou matérias primas.

Brass começa com acções e consequências simples mas, com o decorrer do jogo, e o alargar dos canais ou linhas de comboios, as estratégias vão-se tornando cada vez mais complexas para que um jogador consiga pontuar sem favorecer os restantes jogadores. O livro de regras não é de fácil percepção e existem peças a menos do que as necessárias para um jogo a quatro, mas, ainda assim, pelo visual e pela dinâmica que se cria, está entre as futuras aquisições.

3 pensamentos sobre “Jogos ao Sábado – uma série de rápidas impressões

  1. Pingback: Jogos aos Sábado – Arraial | Rascunhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.