Doze Contos Peregrinos – Gabriel Garcia Marquez

 

Esta é outra colectânea de contos de Gabriel Garcia Marquez, mas que possui a peculiaridade de terem sido inspirados nas viagens pela Europa. Embora a sua escrita tenha sido iniciado nos anos 70 / 80, permaneceram como esboço durante muito tempo e foram sujeitos a diversas alterações e re-escritos diversas vezes. Finalmente, foram publicados em 1992.

As histórias referem-se quase todas a viajantes sul-americanos que pelas mais diversas razões deixam o seu continente para viajar na Europa – um presidente exilado, um campones procurando a beatificação da filha, um casal em lua de mel…

Ao contrário de outras colectâneas, nesta, os contos são quase todos muito negros, em que a morte, a doença e a decepção estão presentes – são histórias estranhas mas que nos fazem pensar na vida, algumas são pesadelos que ganharam um espaço no papel.  É no entanto, um conjunto muito interessante de se ler.

Deste conjunto, fazem parte
– Boa viagem, Senhor Presidente
– A Santa
– O avião da bela adormecida
– Alugo-me para sonhar
– So vim fazer um telefonema
– Surpresas de Agosto
– Maria dos Prazeres
– Dezassete ingleses envenenados
– Transmontana
– O feliz verão da Senhora Forbes
– A luz é como a água
– O rasto do teu sangue na neve

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.