Historias_de_Aventureiros_Patifes_novo

Eis uma aventura mirabolante que aproveita o desaparecimento de várias obras de arte às mãos dos nazis na Europa, durante a Segunda Guerra Mundial. Algumas destas obras de arte têm sido usadas como forma de movimentar facilmente avultadas somas e de efectuar trocas comerciais duvidosas.

A história centra-se num comerciante de arte, que, tendo alguns negócios legais, é conhecido no submundo das negociatas duvidosas, como a pessoa certa para arranjar o comprador privado de valiosas obras de arte.

Ao receber informação sobre um valioso quadro que estará oficialmente desaparecido há décadas, procura o comprador certo, contando-lhe detalhadamente a história, quer da criação da obra, como das sucessivas transferências entre donos.

Detalhando excessivamente alguns dos episódios que envolvem a obra, parece inverosímil a forma como conhece pormenores de algumas personagens envolvidas no desaparecimento do quadro. Felizmente este conhecimento é bem explicado numa irónica reviravolta final que dá sentido ao conto.

Comentário aos restantes contos da antologia: