Destaque: Os Grão-Capitães de Jorge de Sena

grao-capitaes

 

Escritor, poeta, crítico literário, tradutor e professor universitário, Jorge de Sena é, sem duvida, um dos grandes nomes do cenário literário português. Infelizmente, li pouco do autor, mas do que li destacou-se a utilização de cenários fantásticos para expressar histórias de elevado conteúdo metafórico.

Dou-vos o exemplo de O Físico Prodigioso onde, a par com uma versão inocente da história de um cavaleiro, vamos lendo uma versão alternativa de pactos com o diabo e rituais pouco pudicos, numa história onde se destacam as dualidades.

A obra de Jorge de Sena tem sido publicada pela Guimarães, estando previsto para este mês o lançamento de Os Grão-Capitães:

Escrevi estes contos, em 1961-62, na atmosfera de um Brasil livre, aonde me exilara em 1959; e escrevi-os sem pôr peias de nenhuma espécie a toda a amargura da vida que, em Portugal, a mim como a todos havia sido dada. […] Pelas datas fictícias que na portada de cada conto vão inscritas, a acção deles cobre um quarto de século de 1928 a 1953. E é como crónica amarga e violenta dessa era de decomposição do mundo ocidental e desse tempo de uma tirania que castrava Portugal, que eles agora, uma dúzia de anos depois de escritos, devem ser lidos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s