A vida é um delírio – Miguelanxo Prado

IMG_7063

Fragmentos da enciclopédia délfica foi o primeiro livro que li de Miguelanxo Prado, um autor descoberto recentemente que me tenho dedicado a explorar nos últimos meses. Até agora, o que tenho lido tem-se revelado uma óptima surpresa e, mesmo os que não são excelentes obras, proporcionam bons momentos de leitura.

Neste caso o tom e o tema assemelha-se ao encontrado em Crónicas Incongruentes, ainda que me tenha parecido, aqui, mais consolidado, construindo episódios mais coesos – talvez por terem inspiração real, partindo de situações que o autor terá vivido, reconstruindo-as de forma exagerada.

IMG_7099

Talvez seja, também, esse o motivo para encontrar tantas caricaturas vivas, tantos retratos de situações inusitadas que ocorrem, ainda que, aqui, sejam exageradas ou complementadas por um ou dois elementos que conferem desenlaces mais engraçados.

É o caso do velhote que é informado que a reforma a que tem direito é superior à que tem recebido durante vários anos. Mas para poder reclamar o valor superior, terá de devolver todo o dinheiro auferido nesses anos. Acusado de ter, assim, uma dívida às finanças, passa a ter, também, uma dívida à autarquia.

IMG_7105

Enquanto que, num episódio, um homem procura esquivar-se às despesas de um pinheiro de Natal de viveiro e acaba multado em valores absurdos, noutro um casal escolhe um destino exótico descobrindo que o mais estranho que lá encontra são serpentes, térmitas e ratos, e, num acidente, uma equipa de repórteres atrasa o socorro (e espalha mais umas vísceras) para conseguir uma boa reportagem.

Tudo é caricaturado – o relacionamento com os sogros num casal, os relacionamentos entre colegas de géneros diferentes (a mulher que apenas quer companhia e compreensão e o homem que pensa em segundas intenções), a esperteza sacana de alguns empresários que rapidamente se vira contra eles, os funcionários públicos que se queixam, entre cafés e conversas, do excesso de trabalho ou o ambiente do campo que deveria ser muito calmo e saudável.

IMG_7122

Neste volume que reúne as histórias que o autor terá publicado, ao longo dos vários anos, na revista El Jueves, há espaço para todo o tipo de episódios, desde os mais sórdidos aos mais inocentes, não se esquecendo do contraste entre rural e urbano, mas realçando sobretudo (e de forma notável) a mania da esperteza que parece invadir a sociedade.

Este volume foi publicado pela Edições Asa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s