Como já referi por diversas vezes, Descender é uma das minhas séries favoritas de banda desenhada de ficção científica, não só pelas capacidades narrativas de Jeff Lemire (um dos meus autores favoritos de banda desenhada)  como pelo estilo gráfico em que o desenho se consegue unir à narrativa de uma forma muito mais eficaz do que nos parece quando simplesmente folheamos o livro.

O terceiro volume de Descender, publicado em Portugal pela G Floy, já se encontra à venda nas bancas e prevê-se que a série seja finalizada no primeiro trimestre de 2020 com a publicação do sexto volume. Apesar de ter a versão inglesa (comecei a adquirir antes de saber do lançamento nacional) aconselho vivamente a edição portuguesa pela relação qualidade / preço!

Curiosos por saber mais sobre este volume? Deixo-vos a minha crítica ao terceiro volume (na edição inglesa) bem como a sinopse e algumas páginas disponibilizadas pela editora:

Dez anos depois de uma súbita invasão de robots do tamanho de planetas – os Colectores – ter devastado a galáxia, um jovem andróide chamado TIM-21 acorda para descobrir que todos os robots foram proibidos e colocados fora-da-lei. TIM talvez esconda os segredos dos Colectores no seu ADN mecânico, e rapidamente se transforma no robot mais procurado num universo em que os andróides foram colocados fora-da-lei, e em que os caçadores de prémios espreitam em todos os planetas da galáxia.

Cinco histórias separadas que revisitam o passado desta saga cósmica, cinco pontos singulares na linha do tempo que levará Tim-21, o Dr. Quon e a Capitã Telsa, Bandit e Broca, e todos os protagonistas de DESCENDER até ao seu momento presente, e que prepararão os leitores para os acontecimentos tremendos do volume 4!