Muros – Os muros que nos dividem – José Jorge Letria

img_1719

De visual impecável, Muros apresenta as principais barreiras que o Homem tem construído, ora para impedir que alguns saiam, ora para impedir que alguns entrem, seja por motivos de guerra ou motivos ideológicos, seja para estancar ideias ou culturas.

img_1724

Claro que tal conjunto de dissertações tinha de começar com a mítica Muralha da China, uma construção que visava manter fronteiras, com grande ênfase na componente estratégica para defesa do território.

Sobre cada muralha são expostos factos, explorados mitos e adicionadas pequenas reflexões sobre os motivos da sua construção e correspondente ideologia. Cada muralha é acompanhada por fotos e uma frase a propósito destas construções.

img_1727

Na verdade, nós somos o que os muros fizeram de nós, seres cercados por dentro e por fora, muito antes de Freud ter sequer nascido, pelos medos, pelos fantasmas e pelos temores que intrinsecamente definem e tornam mais labiríntica e problemática a nossa humanidade.

Com especial ênfase nos muros mais recentes, principalmente naquelas que estão a ditar a política internacional, como o muro que separa o México dos EUA ou o muro entre as duas Coreias, encontramos ainda um texto sobre o arame farpado que, não sendo propriamente um muro consegue cumprir função semelhante, e uma dissetação sobre os muros que construímos nós próprios.

Os muros são uma parte dramática do que somos, mesmo quando repetidamente afirmamos que não nos revemos neles e que não queremos que eles estejam associados ao nosso futuro nesta sociedade global cada vez menos solidaria e crescentemente agressiva e conflituosa.

img_1729

Por vezes demasiado factual nalgumas dissertações, é engraçado perceber a história da humanidade pela forma como se constroem determinadas estruturas, neste caso, muros. Muros que definem ideologias, políticas sociais, muros que provocam guerras principalmente quando são construídas para repelir inimigos, muros que provocam reacções e problemas, que servem para fazer pressão psicológica sobre as populações e que se reflectem no interior das sociedades que separam.

Muros foi publicado pela Guerra e Paz.

Um pensamento sobre “Muros – Os muros que nos dividem – José Jorge Letria

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s