The Low, Low Woods – Carmen Maria Machado, Dani e Tamra BonVillain

Este é mais um volume da colecção Hill House Comics da DC Comics organizada por Joe Hill. Esta colecção pretende reunir histórias de banda desenhada de horror, com histórias subversivas e aterrorizantes. Estes volumes, em capa dura, têm uma sobrecapa semi transparente e desenhada que resulta bem visualmente. Carmen Maria Machado é a autora de O Corpo Dela e Outras partes, uma colectânea de histórias que cruzam elementos fantásticos com horror. Com maior componente narrativa, The Low, Low Woods usam elementos semelhantes para entregar uma história cheia de monstros, mas onde os verdadeiros monstros são os humanos.

A história

A história decorre numa pequena cidade mineira do interior americano, onde a paragem de produção das minas levou, há muitos anos, à degradação da cidade. Sem grandes perspectivas de futuro, os jovens têm poucas opções: ou remeterem-se à existência nesta cidade, ou sonharem com estudar noutra cidade. É neste enquadramento decrépito que El e Octavia decidem ir ao cinema – mas, no final, não se recordam nada do filme, e mostram sinais de ter estado noutro local (como solas sujas de lama).

A caminho de casa, cruzam-se com um veado de aspecto semi humano que as aterroriza. Enquanto Octavia pretende esquecer todos os acontecimentos da noite, El decide-se a investigar, contactando a bruxa – uma pessoa com aparência de criança, mas um pesado passado, que, após um período de reticência, as ajuda a perceber o que se passa na cidade.

Comentário

The Low, low woods explora uma narrativa de horror centrando-se em duas jovens queer. Fá-lo de forma natural, usando os seus relacionamentos como complemento da história e não como parte de um conflito narrativo, tal como tinha feito nas várias histórias de O Corpo Dela e outras Partes.

A história usa as jovens como ponto de partida para nos mostrar as vivências possíveis na cidade e, consequentemente, a existência um segredo partilhado por várias outras mulheres na mesma localidade – um pesado segredo que é consecutivamente esquecido.

A narrativa é bem sucedida em nos mostrar os monstros óbvios e menos óbvios enquanto joga com a noção aterrorizadora de que alguém pode ser levado a esquecer um momento traumático da sua vida. É uma história pesada em termos psicológicos que sabe criar tensão e suspense, até ao final, revelador mas traumatizante.

Conclusão

The Low, low woods é uma boa história de horror que apresenta elementos fantásticos e de horror. Não é uma história inconsequente. O contexto e o fim são pesados, deixando-nos a pensar que os verdadeiros monstros são humanos. É uma leitura que aconselho a quem goste do género e pretenda ler algo que consegue ter uma aura inovadora.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.