Resumo de Leituras – Janeiro de 2022 (1)

1 – The Waiting – Keum Suk Gendry-Kim – Depois de Grass, a autora lança outra narrativa que usa a realidade coreana para tecer um relato duro de separação envolta em dor e esquecimento. Neste caso, foca-se na forma como a Coreia se separou em duas nações, quebrando famílias e relacionamentos. Impedidos de ultrapassar a fronteira, algumas pessoas nunca mais tiveram notícias da própria família, sejam pais, filhos ou maridos. Difícil de compreender e de imaginar;

2 – A Festa de Delirium Uma aventura dos pequenos perpétuos – Jill Thimpson – Pegando na realidade da Sandman, este volume imagina os perpétuos enquanto crianças, focando-se nas tentativas de Delirium em organizar a festa perfeita para Desespero. O desenho é excelente e o humor é retorcido, fazendo com que seja uma leitura engraçada;

3 – Hubert – Ben Gisemans – Um homem solitário que vive no Luxemburgo desloca-se várias vezes para ver museus. Aliás, o fascínio pelos museus parece ditar toda a sua existência, sendo o seu único hobby e o único tema de conversa;

4 – Matei o meu pai e foi estranho – André Diniz – Um dos mais recentes livros do autor publicados pela Polvo é uma história sobre relacionamentos familiares e as fundações de uma família. Neste caso, um jovem demasiado sensível sobrevive num lar pobre, sendo alvo de abusos pelo pai que tenta reproduzir no rapaz o ideal do macho. As duas existências não são compatíveis;

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.