Educação? Onde?

Não, não me estou a referir à má-educação vigente no dia-a-dia e cada vez mais comum… estou mesmo a referiri à educação (ou falta dela) nas escolas.

Estamos na época do facilitismo – ai ai que as criancinhas não entendem linguagem complicada, ai ai que isto lhes cansa a cabecinha, ai ai que isto é pouco pedagógico.

E os resultados estão à vista. Jovens com 14/15 anos que não leem – gaguejam; e para os quais os mais simples textos estão cobertos de palavras difíceis. Crianças saídas da primária que não somam sem calculadora, ou sem utilizar os dedos.

Depois verifica-se que em vez de tentar elevar a capacidade cognitiva dos alunos, ou o conhecimento , baixam-se os padrões e o nível dos objectivos.

A culpa é … da matéria, que não é divertida. Não, não o critério não é a matéria ser interessante, ou que os professores tentem criar alguma empatia e interesse, não. O problema é que a matéria não é divertida. Sim, porque na vida tudo é uma brincadeira, vai-se a escola para brincar, trabalha-se porque é divertido… 

Atribuída a culpa, procura-se uma solução… se não sabem escrever e têm dificuldades em aprender… bem… ao menos cruzes devem conseguir por??? (Um dia destes se calhar nem isso)
 

7 comments

  1. “baixam-se os padrões e o nível dos objectivos.”

    Sem dúvida.

    Qualquer dia o objectivo mínimo é ir à aula.

    Penso que em vez de estarmos a premiar o mérito e a valorizar o esforço, estamos é a deixar que os alunos mais preguiçosos sejam constantemente beneficiados com os 9’s a passarem para 9,5…

    É claro que há casos e casos… mas hoje em dia essa cultura da bincadeira e de que tudo é fácil, não está a ser combatida eficazmente pela escola.

  2. Atenção que às vezes o sítio onde se colocam as cruzes pode não ser divertido também 😛

    O problema, em meu entender, é só este: falta de treino de persistência. O resto vem por acréscimo. Os alunos tendem a centrar-se no “aqui e agora”, no que lhes dá prazer imediato e a desinteressarem-se pelo que possa apenas trazer frutos a médio prazo.

    Depois admiram-se…

  3. Relativamene aos 9 passarem aos 9.5 , tem mais a ver com isto –> https://acrisalves.wordpress.com/2006/07/19/estatisticas-na-educacao/

    falta de treino e cultivar-se o “se é dificil, a culpa é dos professores, é dos pais, é do mundo, é da vida” , coitadinhos que já fazem tanto. Uma atitude muito encorajada pelos próprios pais que acham que os filhos devem passar sempre mesmo não sabendo ler, e que eles até estudam, se não tiram positiva a culpa não é deles…
    Primeiro começou-se por facilitar o ensino primário. Conforme foram crescendo, o facilitismo foi contagiando os restantes níveis de ensino…

    Oh Well

  4. Pingback: naruto hentai yuri

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.