Steampunk – Histórias de um Passado Extraordinário (parte II)

(continuação do comentário a Steampunk, antologia publicada pela editora Tarja)

Em O Plano de Robida por Roberto de Sousa Causo, assistimos ao rapto de um cientista e de um Major  num balão de ar, através de uma outra invenção voadora, desconhecida até então, que não necessita de ar para se elevar. A bordo desta segunda nave encontra-se Robida, um vilão de planos megalómanos que pretende descobrir os segredos tecnológicos da civilização Atlântica, cujos descendentes vivem numa cidade perdida. O Plano de Robida constitui uma cena de aventura engraçada, ainda que tivesse sentido que precisava de mais espaço para se desenvolver completamente.

Claudio Villa traz-nos O Dobrão de Prata, um conto de horror em que um professor de história, Charles Dexward, se vê desacreditado e tomado por louco, ao contar a aventura à qual sobreviveu no mar, uma aventura tenebrosa que tinha como objectivo resgatar, do fundo do mar, o tesouro naufragado de um galeão espanhol. Ainda que se mantenha dentro do expectável, é um conto coeso que destoa do conjunto por se poder enquadrar no género terror.

Uma Vida Possível atrás das Barricadas traz-nos a história de um casal invulgar, um autómato e uma golem, que fogem dos seus donos e procuram a liberdade numa cidade em guerra, o único refúgio possível para tal par. Jacques Barcia criou aqui uma história estranha e melancólica, de dois seres criados pelo homem, que ganham autonomia mas que não são reconhecidos como entidades independentes. Uma história bonita mas melancólica, que mistura engenhocas e magias num mundo em guerra.

Romeu Martins é o autor de Cidade Phantástica, um conto que se inicia com a movimentada tentativa de rapto de uma jovem, que se revela menos indefesa do que seria de esperar de uma dama. Maria Pinto é a noiva de Mr. Gibson, um empresário americano que, conjuntamente com o seu sócio, constrói o Edifício Cidade Phantástica, um enorme prédio de ferro fundido que será a sede do Império de Gibson. Tanto dinheiro e poder instigam planos criminosos, que se iniciarão com a tentativa de rapto.

O último conto cabe a Flávio Medeiros, Por um fio. A história decorre num submarino em tempo de guerra, bombardeado por um dirigível inimigo. Apesar de o ar escassear, o capitão do submarino sabe que o dirigível há-de-se encontrar à espreita, a aguardar uma oportunidade para os liquidar. Por um fio é um conto de guerra que nos apresenta o dilema de um comandante entre adiar um confronto fatal, ou deixar morrer a tripulação nas profundezas do oceano.

Quase todas as histórias recriaram uma realidade interessante, povoada de invenções demoníacas ou simplesmente dementes, realidades alternativas sobre as quais seria engraçado ler mais alguma coisa. A Música das Esferas, Cidade Phantástica ou O Plano de Robida são alguns dos contos que me deixaram com esta sensação.

Depois de Steampunk, aguardo o lançamento de Vaporpunk, uma antologia do género steampunk, de autores portugueses e brasileiros.

5 pensamentos sobre “Steampunk – Histórias de um Passado Extraordinário (parte II)

  1. Grande, Cristina! Estava aguardando com muita ansiedade vosso comentário e já fiz a chamada para ele no meu blog:

    http://cidadephantastica.blogspot.com/2010/04/torre-de-vigia-22-b.html

    Novamente agradeço a atenção e adianto que em breve (se tudo conspirar a favor) devem sair duas continuações de “Cidade Phantástica”: a noveleta “Tridente de Cristo” em um livro e uma nova versão do conto curto “Amazônia underground” em um fanzine.

    Abraços brazucas

  2. Pingback: Resumo de Leituras – Abril 2010 « Rascunhos

  3. Pingback: Novidades fantásticas « Rascunhos

  4. Pingback: As novas estantes (6) | Rascunhos

  5. Pingback: Últimas aquisições | Rascunhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s