Últimas aquisições

IMG_8527

O conjunto de livros desta foto é maioritariamente ocupado pelos volumes da colecção de banda desenhada que está a ser lançada pela Levoir em conjunto com o jornal Público. Cada volume é dedicado a um herói (ou grupo de heróis).

IMG_8546

No topo podemos ver um título curioso, Golems de Alain Delbe. O livro foi lançado em 2004 e não me recordo de o ter visto antes nalguma livraria, mas centra-se numa figura mitológica de origem judaica – o golem, figura moldada em barro que poderia adquirir vida mediante uma palavra na testa (verdade). Apesar da potencialidade da figura, poucas são as histórias que a aproveitam. Assim de momento, lembro-me de três: O Golem de Gustav Meyrink e Seventy-two letters de Ted Chiang e Uma Vida possível atrás das barricadas de Jacques Barcia. Eis a sinopse deste Golems:

Praga, fim dos anos 30. Um único membro da comunidade judaica da velha cidade detém, desde há séculos, o poder de fabricar, graças às fórmulas mágicas da Cabala, a perfeita imitação de um ser humano: o Golem, uma criatura capaz de escapar ao correr normal do tempo. Depositário deste poder, o Grande Rabino Fischel decide transmiti-lo a Nathan Eisner, um jovem estudante promissor… que vai cometer a improduência de partilhar o seu segredo com aquela que ama.

Uma história qu enão acaba com a traição do desafortunado Nathan, levado pela sua imprudência a atrair a atenção de alguns eruditos desviados ao serviço do nazismo… uma vez que será evocada, meio século mais tarde, por um narrador do nosso tempo, chamado a revivê-la de uma estranha forma…

IMG_8537

Ao lado de Golems encontra-se Porquê ler os clássicos de Italo Calvino. Eu diria mais. Porquê ler o livro de Calvino, um livro sobre livros, ao invés de ler os ditos clássicos. O livro começa por discorrer sobre o conceito de clássico, apresentando vários sinónimos (mais de uma dezena) e interpretações da palavra que, por vezes, é usada de forma demasiado leviana. Foi esta introdução que me levou a pegar no livro. No índice vejo alguns livros conhecidos que irei rever por outros olhos, bem como livros que, nunca tendo livro, sinto bastante curiosidade.

IMG_8544

Por último, eis um dos cinco volumes de Lendas de Portugal, um conjunto que me anda a coçar a carteira há alguns meses. Não vi até agora, nenhuma referência sobre este conjunto, mas a premissa interessa-me, e o assunto deste primeiro ainda mais – a origem do nome das terras.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s