Orchidea – Cosey

img_2101

Se inicialmente o estilo e o tipo de história não parecia de todo o meu género, tenho a dizer que fui bem surpreendida com o desenvolvimento das personagens que aparentavam ser bastante lineares e cliché. O decurso dos acontecimentos torna-se pouco expectável e aquilo que me pareciam, inicialmente, interacções superficiais são na verdade o resultado de anos de convivência e de familiaridade.

img_2193

Três irmãos reúnem-se para visitar, no lar, o pai no seu aniversário. Durante a viagem de carro em que aproveitam para por em dia as piadas comuns e as picardias usuais entre irmãos, chegam finalmente ao destino para perceber que o pai fugiu do lar. Percebendo que mais provavelmente terá partido em aventura do que raptado, e conhecendo bem o cérebro científico do velhote, procuram-no no único local para o qual têm uma pista, um terreno isolado, algo distante da cidade.

img_2196

O que encontram é inesperado. O pai está acompanhado por uma mulher mais jovem e temperamental, grávida e quase em fim de tempo. Os dois têm uma curiosa relação que choca a filha mas que é enfrentada com agradabilidade pelos filhos. No terreno o pai montou um velho observatório, interligando-o com um bar. Não esperam muitos clientes, nem será esse o objectivo, antes uma existência pacífica e algo isolada, mas sobretudo divertida.

img_2200

Neste seguimento a história torna-se romântica. Não o romance entre dois apaixonados, mas o romantismo de deixar a segurança e de partir em aventura, recomeçar a vida uma vez mais pondo em risco toda a segurança emocional que seria típica da velhice.

img_2201

Estranhamente, a este romantismo reúne-se um surpreendente código de honra, num final elegante que consegue surpreender pela positiva, apesar de se afastar do nível de aventura e loucura que inicialmente é percepcionado. O romantismo das possibilidades infinitas enfrenta a realidade e sobrevive parcialmente com o surgir de novas possibilidades.

img_2205

Orchidea foi publicado pela Witloof.

Um pensamento sobre “Orchidea – Cosey

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s