Assim foi: Amadora BD

Tenho visto várias críticas negativas. E com razão. O programa é divulgado em cima da hora (com pontos incompletos) não permitindo organizar a(s) visita(s) e que livros levar para serem assinados, as exposições nem sempre estão disponíveis nos primeiros dias do evento, muitas são demasiado focadas no passado e pouco no que se faz actualmente.

Ainda assim, continuo a achar que é um evento que vale a pena, principalmente quando olho para o preço do bilhete. E têm existido algumas (pequenas) diferenças. O espaço para os autores assinarem já não é na garagem, escura e algo claustrofóbica, mas num espaço que coloca os autores num lugar mais aprazível para os leitores aguardarem a sua vez. A parte superior afasta-se mais do aspecto de ginásio ou de armazém com que me deparei nalguns anos e o espaço da garagem parece melhor aproveitado. O auditório tem uma disposição mais confortável e foi possível usufruir do evento mesmo estando de canadianas (com foi o meu caso este ano), algo que reparei não ser totalmente possível noutros anos. Só posso, claro, falar, comparando os anos em que fui e confesso que não puderam ser muitos.

Autógrafos

Posto isto, esta entrada resume duas visitas ao evento. A primeira no dia 04 em que cheguei a meio da tarde e me dediquei a explorar as exposições, e a segunda no dia 12 em que cheguei após o almoço e mais focada nos autógrafos que pretendia recolher. No dia 04 pude aproveitar apenas para assinar um livro de Marcello Quintanilha.

Já no dia 12, estranhei a pouca fila para John Layman, o autor de Tony Chu, que talvez se devesse à hora – a série é das minhas favoritas da Image e encontra-se actualmente a ser publicada em Portugal pela G Floy; e aproveitei para assinar alguns livros.

Já no caso de Grazia La Padula, cheguei mesmo em cima da hora em que se formou a fila para os autógrafos – felizmente! Porque tornou-se demasiado grande em pouco tempo. O peso excessivo dos livros para estes dois autores fez com que não tivesse conseguido, neste dia, pegar mais autógrafos.

O que gostei menos? Só soube da presença de alguns autores / eventos em cima da hora e o controlo do fim das filas ser descarregado em cima de quem já estava na fila “É o último – veja se mais ninguém se põe atrás de si”.

Exposições

Tendo só ido no segundo fim de semana, tive a possibilidade de ver todas as exposições já montadas (como já começa a ser usual, as exposições não estão todas disponíveis nos primeiros dias do evento). A área disponível no pavilhão principal tinha o inconveniente de ter cruzamentos estranhos com espelhos que dificultaram a navegação e perceber se já tinhas enveredado por aquele caminho antes.

Em Contar o Mundo – A reportagem em banda desenhada mostravam-se alguns eventos comparando a perspectiva jornalística e o respectivo retrato numa página de banda desenhada, seja na perspectiva de uma personagem, seja numa perspectiva mais neutra. Mostraram-se alguns trabalhos de banda desenhada que são peças não ficcionais e realistas, como biografias ou reportagens neste formato, mas também alguns trabalhos com componente ficcional onde se demonstram eventos reais.

Uma exposição interessante, mais coesa nalgumas partes que noutras, que realçava o papel da banda desenhada enquanto meio de transmissão, não só de histórias, mas de eventos reais.

Para além desta, destacaria, claro, as de Will Eisner e Jack Kirby, com Tormenta a destacar-se inesperadamente pelo efeito visual da sala (durante o tempo em que lá estive não houve visitante que não se tivesse fotografado com o boneco), e Revisão a reconhecer trabalhos antigos mas interessantes que assim voltam a estar disponíveis a novos leitores. A ala onde se destacam os autores portugueses com obra publicada no estrangeiro também era das mais interessantes (e das poucas com suporte audio visual para dar a conhecer algo mais dos autores).

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s