Alix Senator, uma série publicada em Portugal pela Gradiva, tinha começado como uma história engraçada, quase inconsequente. As duas primeiras histórias apresentavam-se movimentadas e interessantes, com uma arte detalhada e visualmente agradável. Mas as aventuras, apesar se apresentarem casos de investigação criminal eram relativamente simplistas e ainda desenvolviam pouco as personagens principais. A série, tem, no entanto, tido uma evolução bastante positiva, com acontecimentos negros e algumas reviravoltas.

A história (apesar do resumo curto contém spoilers para quem não leu os volumes anteriores)

As intrigas e planos maquiavélicos continuam, com Alix e Khephren emparedados por conta de intrigas relacionadas com a estátua de Cibele. Enquanto isso, a morte de Alix já foi dada como certa (uma manobra de diversão) e o filho procura-o.

Crítica

A cada volume é desenvolvido um mistério, seja um crime, seja uma traição ou uma teia de intrigas. Estes enredos costumam ser relativamente simples, resolvidos por Alix ou pelos dois jovens que o acompanham. Mas para além destes enredos, desenvolve-se uma intriga maior que envolve pessoalmente as três personagens principais.

Se, no início, estas pequenas histórias pareciam inconsequentes, com o desenvolvimento da série, a história principal tem-se tornado cada vez mais negra, permitindo o desenvolvimento das personagens principais, sobretudo das mais jovens. As aventuras que vão vivendo vão tendo impacto pessoal, com elevados custos a vários níveis.

O sexto volume já tinha sido surpreendente, mostrando como uma das personagens se tem deixado influenciar pelas intrigas e escolhido o lado errado. Este sétimo prossegue, com rancores e ilusões acrescidos, sendo que as personagens trilham os seus próprios discursos, dissociando-se do passado. Mas enquanto uma das personagens se afunda em esperanças vãs, a outra parece ascender lentamente.

A nível visual, Alix Senator continua a apresentar-se interessante, com desenhos luminosos e bastante coloridos, onde se destacam os detalhes das vestes e dos edifícios. Este volume explora paisagens mais subterrânicas e sombrios, com mestria. Diria que visualmente, existem alguns detalhes que poderiam ser mais expressivos e naturais, notam-se que algumas das posturas corporais são um pouco rígidas.

Conclusão

Independentemente destes pequenos detalhes visuais menos positivos, a série Alix Senator tem-se tornado uma boa surpresa ao longo do desenvolvimento, crescendo em dimensão narrativa e evoluindo as personagens de forma interessante. A edição é em capa dura, mas para além deste detalhe, é simplista, sem introduções ou extras.