The Lord of the Sands of Time – Issui Ogawa

Haikasoru é uma chancela determinada em trazer ao mercado americano os melhores livros de ficção científica japonesa, numa colecção organizada por Nick Mamatas. Entre os primeiros livros publicados encontram-se All you need is kill (que irá ser adaptado para cinema pela Warner Bross), Usurper of the Sun e The Lord of the Sands of Time.

Issui Ogawa é um escritor japonês de ficção científica, premiado por duas vezes com Seiun, um prémio japonês para a melhor ficção científica publicada no Japão. The Lord of the Sands of Time é o seu primeiro livro traduzido para inglês, esperando-se um segundo, The Next Continent, ainda para este mês, também pela Haikasoru.

The Lord of the Sands of Time inicia-se com a descrição de um pequeno passeio de Miyo, imperatriz de um reino japonês medieval graças aos seus poderes divinatórios, que tenta escapar ao papel de fantoche imposto pelo chefe militar. Interrompida por um rapaz que faz parte da corte, pensa em retornar do passeio clandestino quando são atacados por um demónio. O rapaz rapidamente fica ferido, e Miyo, indefesa, é salva da situação fatal por um estranho  homem de armadura, um mensageiro do futuro, de um Universo paralelo, Orville.

Parte de um grupo de mensageiros, Orville é uma entidade artificial inteligente, que reage de forma semelhante a um ser humano, principalmente por ter vivido alguns anos entre humanos no mundo de origem tendo-se, até, apaixonado por uma mulher. Impossibilitado de retornar ao mundo de origem, Orville foi construído para viajar de mundo em mundo, com o intuito de combater uma praga de extraterrestres que tenta exterminar a espécie humana em vários universos paralelos. Após combater o extraterrestre que atacou Miyo, Orville tenta reunir os exércitos disponíveis e gerir os recursos naturais de modo a combater a invasão alienígena, com a ajuda da imperatriz.

Explorando a teoria dos universos paralelos que se multiplicam a cada possibilidade de decisão, Issui Ogawa construiu uma história de guerra espacial em tudo diferente das que já li anteriormente, contra uma praga de extraterrestres cujos motivos são desconhecidos, que saltam de realidade em realidade. Também aqui existem inteligências artificiais, andróides semelhantes a humanos, mas ao invés de se revelarem frios e distantes, possuem personalidades próprias amadurecidas por uma  maior longevidade. Estranha, mas sobretudo original, esta é uma história de ficção científica de leitura fácil, inteligentemente construída.

6 comments

  1. Parece interessante, assim como os restantes livros lançados na colecção. Embora o início seja algo genérico, segundo a tua descrição, mas acredito que depois fique melhor.

  2. Uma pequena correcção. Não são só livros de FC, mas também fantasia e terror 🙂

    Ainda só tenho quatro , mas outros quatro andam a caminho. De momento estou a ler o “Usurper of the Sun”, que estou a gostar bastante.

    Um abraço,

    Rui

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.