Retrospectiva 2011 – As melhores leituras

Comparativamente aos anos anteriores, este foi, sem dúvida um ano com menos leituras – apenas 60. Por isso mesmo, este ano o top é mais curto. Houve livros excelentes, mas foram poucos. Aqui fica o top e algumas considerações sobre outros livros:

  1. The Dispossessed – Ursula le Guin
  2. A Tapeçaria do Sinai – Edward Whittemore
  3. Best Served Cold – Joe Abercrombie
  4. Contos Carnívoros – Bernard Quiriny
  5. The Brief Wondrous life of Oscar Wao – Junot Díaz – a tocante história de um geek

Surpresas agradáveis

  1. David Soares – este ano li cinco das suas publicações optando por isso por escrever o nome do autor. Nota-se uma melhoria de obra para obra
  2. O Fim Chega Numa Manhã de Nevoeiro – Renato Carreira – inesperadamente leve e divertido
  3. Trilogia – John Twelve Hawks – com alguns pontos fracos, mas interessante
  4. Fantasma de CantervilleOscar Wilde – A menos típica histórica de fantasmas que já li
  5. Contos dos Subúrbios – Shaun Tan – inocente, mágico e curto, tem episódios bastante agradáveis, mas não chegou ao patamar do excelente
  6. City – Clifford D. Simak – E se a par dos seres humanos, outra espécie desenvolvesse inteligência e fala, herdando a nossa civilização?
  7. The Reapers Are the Angels – Alden Bell – Atípica história de zombies que explora mais o lado humano do que o cortar de cabeças de seres mortos
  8. Os Olhos de Allan Poe Louis Bayard – mistura história com ficção para criar uma obra de crime e mistério bastante jeitosa – até para mim que não costumo gostar do género

Desilusoes

  1. A rapariga que inveitou um sonho – Haruki Murakami – Apesar de ser dos meus autores favoritos é dois poucos que livros que não cheguei a ler até ao fim. As histórias mantêm o mesmo registo, mas se é algo que funciona muito bem em romance, em contos não gostei
  2. Pássaros na Boca – Samanta Schweblin – Depois de várias comparações com Borges e afins, estava a espera de algo melhor. Não que os contos sejam maus, alguns até são bastante jeitosos, mas falta-lhes algo para os considerar excelentes
  3. O Escandinavo Deslumbrado – Alberto Xavier – Para mim faltou história e conteúdo, e sobrou prepotência e vaidade.

__________________________

Melhores de

2010

2009

2008

2007

2006

4 pensamentos sobre “Retrospectiva 2011 – As melhores leituras

  1. Já sentia falta do teu top. 🙂
    Também li o “Fantasma de Canterville” em 2011 e foi um dos livros que mais me surpreendeu.
    Dos que aqui mencionas, os que mais despertam interesse são:
    – Contos Carnívoros – Bernard Quiriny
    – O Fim Chega Numa Manhã de Nevoeiro – Renato Carreira
    – Contos dos Subúrbios – Shaun Tan

    Boas leituras em 2012.

  2. Pingback: Retrospectiva 2014 – Resumo | Rascunhos

  3. Pingback: Retrospectiva 2015 – Resumo literário | Rascunhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s