Janeiro de 2016

Como já é usual, eis o resumo do que mais interessante se passou da ficção especulativa em Portugal, durante o mês de Janeiro – eventos, notícias e críticas.

Doze de inglaterra banner

Lançamentos nacionais relevantes

Depois da pausa de Dezembro, o ano ainda está a arrancar. Deste mês é de destacar Os Doze de Inglaterra no seguimento do aniversário da revista Mosquito, e As Horas Insivíveis, já aconselhado por João Barreiros no Fórum Fantástico. Sobre os lançamentos de Janeiro, para obterem mais informação, podem clicar no nome da editora correspondente.

Drácula – Bram Stoker – Girassol;

Os Doze de Inglaterra – Eduardo Teixeira Coelho – Gradiva;

As horas invisíveis – David Mitchell – Editorial Presença;

As pedras élficas de Shannara – Terry Brooks – Saída de Emergência;

The young world: O Mundo novo – Chris Weitz – Editorial Presença;

Críticas interessantes

Recentemente fiz um apanhado dos blogues que costumava seguir há meia dúzia de anos. Conclui que a maioria dos bons blogues de ficção científica, responsáveis por algumas das melhores críticas se foram apagando. Restam alguns, sim, mas são poucos – recordo Blade Runner, Inner Space, I dream in Infrared, Stranger in a strange land. Alguns ainda dão sinais de vida anualmente. Não que existam actualmente boas críticas, mas são mais escassas.

serralves banner

Ficção científica

Sejam críticas positivas ou negativas, é bom ver que as obras nacionais continuam a ser lidas e comentadas. Abaixo, três: Espíritos das Luzes, Comandante Serralves e Os números que venceram os nomes.

Nostrillia – Cordwainer Smith – Intergalacticrobot;

Espíritos das Luzes – Octávio dos Santos – A Lâmpada Mágica;

Comandante Serralves – Vários autores – Intergalacticrobot;

Sally – Isaac Asimov – Nuno Ferreira;

Dune – Frank Herbert – Papéis e Letras;

Os números que venceram os nomes – Samuel Pimenta – Letras sem fundo;

Por mundos divergentes – vários autores – My very own lines;

Estação Onze – Emily St. Mendel – Ler y criticar;

Gene Mapper – Taiyo Fujii – Intergalacticrobot;

sete notas musicais banner

Fantasia

Enquanto se espera pelo lançamento do próximo livro de Zoran Zivkovic,  continuam a aparecer novos leitores.

O Dragão de sua majestade – Naomi Novik – Que a estante nos caia em cima;

O bobo – Christopher Moore – Leitora de fim-de-semana;

Firmin – Sam Savage – Folhas do Mundo;

Sete notas musicais – Zoran Zivkovic – D’Magia;

Rainha Vermelha – Victoria Aveyard – As Leituras do Corvo;

As reencarnações de Pitágoras – Afonso Cruz – Bibliotecário de Babel;

umbrella academy banner

Banda desenhada

Bando de dois – Danilo Beyruth – A Lâmpada Mágica;

Old Pa Anderson – Yves H. , Hermann – As Leituras do Pedro;

The Wicked + The Divine Vol.1 – Kieron Gillen – Que a estante nos caia em cima;

Habibi – Craig Thompson – Virtual Illusion;

Wolverine: Origem e Logan (vários volumes) – As Leituras do Pedro;

FreakAngels – Vol.2 e 3 – Warren Ellis e Paul Duffield – Intergalacticrobot;

The Umbrella Academy: Suite do Apocalipse – Gerard Way, Gabriel Sá e Dave Stewart – Deus me Livro;

Talco de vidro – Marcello Quintanilha – Bibliotecário de Babel;

The arrival – Shaun Tan – Que a estante nos caia em cima;

the rest of us banner

Outras obras

Berenice – Edgar Allan Poe – Nuno Ferreira;

The Chtullu Encryption – Brian Stableford – Intergalacticrobot;

Dagon – H. P. Lovecraft – Nuno Ferreira;

The rest of us just live here – Patrick Ness – Pedacinho Literário;

Outros artigos

– A aventura espacial, em novas visões aos quadradinhos – Máquina de escrever;

– Verdade e fantasia nas histórias – IGN;

– Criador e criatura de FC – Simetria;

– 2015, entre os herdeiros de George Orwell – Máquina de escrever;

– Pyongyang, quando o real não chega – Virtual Illusion;

– Torroselo: Um lugar nada ruim – Quilómetros que contam;

– Under the cover – Jornal i;

– Estará a Ficção Especulativa a morrer em Portugal? – Pedro Cipriano;

– 500 anos depois, o sentido de Utopia não se perdeu – Público;

– O mundo mágico de Tolkien ao vivo e a cores – Visão;

– Sobre a utopia, alguns apontamentos – Público;

– Clube Português de BD – A partir de 16 Jan – Divulgando Banda Desenhada;

– Gradiva com BD «Os Doze de Inglaterra» – Diário Digital;

– Exposições BD avulsas – “O Mosquito” na Biblioteca Nacional de Portugal – Divulgando Banda Desenhada;

Os melhores romances escritos em língua portuguesa – Resultados do Inquérito;

Eventos nacionais

– Sustos às sextas – Intergalacticrobot | Rascunhos;

– Recordar os Esquecidos – Rascunhos;

Resumos mensais anteriores

Dezembro de 2015;

Novembro de 2015;

Outubro de 2015.

Um pensamento sobre “Janeiro de 2016

  1. Pingback: Janeiro de 2016 | F_C | Scoop.it

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s